E agora, José ?

Este ano já está quase a terminar a sua viagem em nossas vidas, mas ainda é tempo para descobrir, ou redescobrir, algumas preciosidades desta vida.

Foi assim, que surgiu aos meus olhos a crónica “E agora, José ?”, escrita por outro José, o Saramago. E, muito adequada para os momentos de reflexão tão característicos desta época do ano.

José Saramago reverencia o nosso querido e saudoso poetinha, Carlos Drummond de Andrade, que com os seus versos de “E agora, José?” atravessa gerações, em que muitos já viveram este momento de auto piedade ao tocar o fundo do poço, e que só resta dizer: “E agora ?”

E Saramago diz: “Foram aquelas horas em que o mundo escureceu, em que o desânimo se fez muralha, fosso de víboras, em que as mãos ficaram vazias e atónitas.

Para todos que neste meu cantinho curtiram os meus posts, para os que comentaram, para os que apenas passaram, para os que passaram a me seguir e que também passei a segui-los… Enfim, para todos nósUm bom 2016 e sem momentos de “E agora, José ?”. 🙂

Tot ziens ! 🙂

Para ler a crónica:
http://www.josesaramago.org/cronica-partir-de-um-poema-de-carlos-drummond-de-andrade/

Download-A-Bagagem-do-Viajante-Jose-Saramago-em-epub-mobi-e-pdf

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s