[TAG] Ler é um Presente

Fui indicada pela Val, do blog 1 Pedra no Caminho para responder a esta tag criada por ela em comemoração aos seus 100 posts. E, aproveito para agradecer por se lembrar de mim. Obrigadíssima!
Confesso que não fui uma habitual compradora de livros de literatura. Ganhei mais do que comprei, e dei ainda muito menos, infelizmente. No entanto, sempre estive em bibliotecas por onde vivi neste mundo e estou sempre à procura de e-books que me companham para onde eu vou.
Parece loucura, ou sei lá que nome dar, mas a verdade é que tenho uma lista de todos os livros que li desde criança. Então, para responder a esta tag fui consultá-la. 🙂 Alguns tópicos foi difícil escolher um único livro, a decisão por um foi mesmo difícil. Não vou nomear blogs para respondê-la. Acho que não vi esta regra, e mesmo assim tenho dificuldade em fazer nomeações. 🙂 Sigam as regras aqui no blog 1 Pedra no Caminho. Então, vamos lá…

1. “É só uma lembrancinha…”

Um livro curto ou com menos de 100 páginas que tenha te encantado.
O Nariz, de Nikolai Gógoi

2. “Não precisava”

Um livro que você amou ganhar de presente ou qual tipo de livro você mais gosta de ganhar.
A Harmonia do Mundo, de Marcelo Gleiser

3. A embalagem perfeita

Uma capa sensacional.
Foi o primeiro livro que ganhei e que li na minha vida, O Pequeno Príncipe, de Antoine de Saint-Exupéry

4. Presente dos deuses

Um livro que mudou sua vida.
A Arte de Viajar, Alain de Botton

5. Surpresa!

Um livro que você começou a ler sem muitas expectativas e te conquistou.
Ensaio Sobre a Cegueira, José Saramago

6. É a sua cara

Uma narrativa ou personagem com os quais você se identifique.
Um Brasileiro em Berlim, João Ubaldo Ribeiro

7.Presente de grego

Um livro que não era nada do que você pensava e decepcionou.

A Cabana, Paul Young

8.”Mais afortunado carro que receber…”

Um livro especial que você deu de presente ou daria.

O primeiro livro que dei foi O Morro dos Ventos Uivantes, Emily Brontë.

9. “Pode trocar, se precisar!”

Um livro que você começou a ler, mas teve de parar: não deu para continuar!
O Macaco Nu, Desmond Morris

10. Ainda wishlist…

Aproveite o momento para dar aquela dica do que quer ganhar! 🙂
Homens Imprudentemente Poéticos, novo livro do Valter Hugo Mãe

Tot ziens! 🙂

Praia Mandraki, Skiathos, Grécia

Enquanto o clima na Bélgica não convida a passeios, enquanto não surge vontade em dias cinzentos, vou mostrando um pouco do que conheci em Skiathos, na Grécia.
A praia da vez é Mandraki. Uma praia com comprida faixa de areia num ambiente calmo e cercado pela beleza de pinhais.
O acesso até esta praia é em terra batida. O estacionamento fica um pouco afastado da praia, sob uma zona de pinheiros. Assim, convém levar logo todo o material necessário e ter cuidado para quando estacionar o carro não incomodar a passagem de outros carros.
Neta praia há uma taverna. Também é possível alugar duas espreguiçadeiras com guarda-sol em palha pelos mesmos 8€ das outras praias que já falei aqui no blog.
A água é calma e de grande beleza cristalina que combina bem com a beleza intocada de toda a sua vista.
A praia é mesmo calma, não há diversão com desportos aquáticos. Devido a natureza calma parece que é procurada por nudistas que ficam em seu lado direito, mas eu não fui conferir. No entanto, ficamos, mais uma vez, cercados por turistas italianos que faziam algum barulho.
Bem, mas nada como ver algumas fotos e o vídeo de mais uma bela praia em Skiathos.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
vista do lado direito
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Vista do lado esquerdo
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Mais uma visão do lado direito

E aqui o vídeo:

Tot ziens! 🙂