Baú Aberto 7

Não entendo

Quando vejo nos fóruns (brasileiros) da maior rede social alguma notícia sobre os LGTBQ, respiro fundo e vou ver os comentários. Não deveria fazê-lo, mas tenho esperanças… ou será que sou teimosa?!

Eu tento exercitar, todos os dias, 2 simples lemas: Vive e deixa viver! e Tratar os outros como gostaria que você próprio fosse tratado (a regra de ouro). O segundo é o mais difícil, vixe, haja paciência. 🙂

Eu só gostaria de entender o por quê de ser os homens os mais incomodados, estatisticamente falando, nos tais comentários.

Pergunto-me: Humm… será este mais um hipócrita, como Wes Goodman, um republicano, casado, evangélico, representante dos “valores familiares”, e, recentemente, descoberto em relações extra conjugais de prática homossexual, sendo ele assumidamente um pregador do ódio aos LGTBQ.

5a612d2f2200004b00b4f1d7.png

Eu penso: Se você tem a certeza que é heterossexual, o que te incomoda no teu semelhante não ser? Tanto quanto eu saiba o homossexualismo não é doença, muito menos algo contagioso. Medo de que a humanidade venha a ser extinta? Espera, vou dar uma grande gargalhada. Lolllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllll

Não gosta? Então, procura tua sintonia na vida, e procura vivê-la, sem agredir.

Para os semelhantes ao sr. Wes Goodman, dedico uma música: Right Said Fred – Don`t Talk Just Kiss (1991)

 

Tot ziens! 😉

7 comentários sobre “Baú Aberto 7

  1. as redes sociais, de certa forma (quem sabe de todas), mais que informar, que divertir ou divulgar, revela o caráter de muitos do seus usuários. não me espanta o anonimato, isso sempre vai existir. o que me surpreende são aqueles que postam barbaridades e não sustentam o que pensam e sentem, deletando suas postagens. não quero parecer agressivo com eles, embora sejam comigo, mas se cada um de nós parar um pouco pode fazer uma depuração de quem é quem não apenas nos comentários mas nas postagens. a hipocrisia ganha terreno e neste sentido, infelizmente, as redes sociais são um terreno fértil, embora seja uma ferramenta que pode ser maravilhosa se bem utilizada e sei que o é por muitos. brilhante o seu post. assim deve ser o caminho a ser caminhado. um grande abraço.

    Curtido por 1 pessoa

    • Obrigada. Vindo de vc é um grande elogio. Obrigada.
      É verdade, se bem utilizada é uma grande ferramenta. Eu tenho q parar de ver os comentários, mas a curiosidade feminina não me deixa. Rsrs Acabo por sofrer e a entrar em lutas até com fakes, com a desvantagem do fuso.

      Hj saiu a notícia da Shakira e o fisco espanhol. Levantei a possibilidade de uma falha no fisco, como aconteceu com Mourinho. Ele pensava q estivesse tudo resolvido e pagou anos atrás, só agora soube q não. Os famosos, e não só, fazem suas declarações de renda através de escritórios de contabilidade, mas qdo sai a notícia é o famoso q leva os vários nomes q estão a ser ditos.
      Ninguém quis saber da minha possibilidade, começaram a atirar pedras na Shakira, e até sobrou p mim.
      É como escrevi..sempre prontos a agredir.

      Curtir

    • Sim.
      Tb houve no Brasil, um crescimento silencioso de ditas igrejas evangélicas, extremamente conservadoras, ou melhor, puritanas e seguidoras do “faça o q digo, não faça o q faço”, e com força no Congresso brasileiro e nos media.
      Qdo fui ao Nordeste do Brasil, no verão europeu passado, vi em “quase” (maneira de dizer) cada esquina uma farmácia, uma igreja evangélica e uma faculdade. Nossa, a sociedade deve estar bem doente, pensei.
      É estranho esse comportamento… Eu tinha tudo para ser como eles, e não sou, tento não ser desde pequena. Eu nasci dentro da igreja presbiteriana, família paterna e materna evangélica de várias denominações, pai pastor, formado em Teologia, fiz parte dos estudos em colégio católico… Começo a pensar q sou como a Rita Lee, a ovelha negra da família.

      Curtido por 1 pessoa

      • Mas talvez tenha tido a oportunidade de ver a vida por outra perspectiva, e isso talvez tenha te mostrado que o mundo não é só preto ou só branco. Não se concorda comigo, mas pensar por si próprio é libertador.

        Curtido por 1 pessoa

      • Sim, Gabriel.
        Apesar de ter formação acadêmica em exatas, sempre gostei de ler e ler filosofia. A filosofia ensina a pensar.
        E, como vc muito bem disse, pensar por si próprio é mesmo libertador.
        Obrigada.

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s