Pedalar com amigos

No domingo passado participei pela primeira vez de um passeio de bicicletas com um grupo chamado Bonangana. São voluntários, a maioria de reformados, que ajudam estrangeiros com o holandês em duas ocasiões por semana, e também realizam atividades como este passeio de bicicletas, caminhadas, quizz, almoços comemorativos, leitura de livros. Sempre que estou disponível tento participar. O grupo fica em Sint-Niklaas. Também ajudam crianças com as tarefas escolares de casa, mas apenas uma tarde por semana.

FB_IMG_1531135017204.jpg

E, desta vez, tudo combinou bem para minha participação. Saímos da sede até a cidade de Hamme, cerca de 25km. Só que nos primeiros quilómetros, o pneu da minha bicicleta teve um furo. Nenhum problema, todos pararam mais à frente e dois senhores vieram me ajudar. Como não havia solução para o pneu, estacionei-a e foram super gentis arranjando-me uma bicicleta emprestada. Tudo muito organizado e até lanche levaram para todos. Atravessamos um rio através de um serviço gratuito de barco durante o percurso de volta.

IMG_20180708_143622090_HDR.jpg

IMG_20180708_144056032_HDR.jpg

Untitled.jpg

Vez por outra, um ou outro, vinham conversar um pouco, mas eu estava tão cansada que nem português queria falar. E, quando descobriram que eu era brasileira, já imaginam, não é? A infelicidade do Brasil contra a Bélgica no jogo do Mundial de Futebol. Eu fui com meu filho mais velho, e ele que respondia. :))))))

O que importa mesmo, e é a intenção deste post , é chamar a atenção para a importância do voluntariado. Eu sei que alguns não concordam, porque acham que já pagam impostos para isso, mas eu não vejo assim, e por isso, eu própria sou voluntária. Algo que quero falar num futuro post. Sempre há o que fazer e fazer o bem!

Para quem quiser conhecer o projeto e ver mais fotos: http://www.bonangana.be/

Mais fotos do passeio estão no site do Bonangana, clicar em Foto’s e depois escolher Gezinfietstocht.

Até o próximo post! 😉

 

14 comentários sobre “Pedalar com amigos

  1. Muito legal a iniciativa. No Brasil o voluntariado é mal visto justamente por essa questão que você colocou. Paga-se muito imposto para no final o voluntário fazer o papel do Estado? Esse é o pensamento. Lembro que na Copa do Mundo de 2014 conheci algumas pessoas que foram voluntárias e elas eram hostilizadas nas redes sociais por supostamente estarem fazendo papel de otárias. É triste.
    Abraço.

    Curtido por 1 pessoa

    • É triste pensarem assim e ridicularizarem quem faz diferente, Gabriel.
      Eu não posso generalizar comportamentos porque não tenho números de pesquisa, mas os poucos comentários q ouvi igual pensamento eram de pessoas de países pobres. Eu digo países pobres, porque já não consigo ver em nenhuma nação o termo “em desenvolvimento”.

      Curtir

  2. Muito legal tudo isso, o passeio, a solidariedade de uns para os outros, estar ao ar livre, F O T O G R A F A R, não fosse pelas minhas vergonhas, seguiria fotografando, mas não entendo sabe, antes não tinha esses medos, mas depois de um tempo tenho medo de fotografar em público (não selfies, mas a natureza, lugares, enfim), sair com tripé, câmera e o que for, porque tremo a mão esquerda e poderia estragar a foto, que acabei largando de vez. Quanto a estar ao ar livre, caminhar, pedalar, faz muito tempo que não pedalo.
    Largou a bicicleta e pegou-a depois?
    Sei que aí não é o Brasil, mas pergunto assim mesmo.
    Abraços.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s