San Marino, para sempre

Após a visita ao Museu Lamborghini, seguimos para San Marino.

As viagens de carro sempre trazem momentos do passado, e bem à saída de Sant’Agata Bolognese revivemos mais uma, quando recordamos uma viagem à Alemanha, em 2010. Eu parei no semáforo e nunca ficava verde para eu virar à esquerda. Depois de muito tempo, bate na janela do lado direito uma senhora (todos adormecidos e acordaram assustados). Baixo o vidro e ela começa a dizer coisas em alemão. Peço, por favor, em inglês. Ela não gosta do pedido. Vai para um pouco à frente do carro e sinaliza com as mãos para eu avançar (que cena cômica!) E o semáforo fica verde! Rsrsrsrs Volta a acontecer parte desta mesma cena em Sant’Agata, só que desta vez havia uma placa, em italiano, com a indicação de que ao avançar o semáforo ficaria livre para mim. Rsrsrsrsrsrs Ufa!

Finalmente, San Marino! A expectativa era grande em conhecer. Eu conduzia pelas curvas fechadas sempre a subir, e os meus filhos: Uau! Uau! Que lindo! 🙂 E eu não podia olhar. Rsrsrs Pelas curvas fomos recordando outros momentos de viagem que foram semelhantes, e a “minha sorte” de estar sempre ao volante nestes momentos.

Ficamos hospedados bem no centro turístico no Hotel Titano. Este hotel tem contrato com outro hotel, que estacionou o carro milimetricamente perfeito numa garagem parecida com as que as crianças brincam. E, depois nos levou num carrinho de golf até ao hotel Titano. Se não for possível se hospedar no centro, é possível ficar mais abaixo e usar o teleférico para chegar até lá em cima. Chegando ao quarto, e da janela, esta foi a primeira vista, já sem o stress de conduzir. Vamos nos despachar, parece lindo! dizia eu.

IMG_20180723_154319249_HDR.jpg
vista do quarto do hotel

O hotel ofereceu-nos um mapa, e o funcionário marcou os pontos mais importantes (4) para se visitar dos 31indicados no mapa. Afinal, só passaríamos menos de um dia, praticamente. Mesmo assim, foi possível visitar tudo que nos indicou.

IMG_20180723_164117583_HDR.jpg
vista estando na Praça Liberdade
IMG_20180723_164536529.jpg
Praça Liberdade ou Piazza Libertà
IMG_20180723_165604908_HDR.jpg
Suas ruas estreitas e harmoniosas
IMG_20180723_165755791.jpg
Basílica de San Marino
IMG_20180723_165949685.jpg
Uma rua que está à frente da Basílica e caminho para as torres
IMG_20180723_163847451.jpg
Outra ruazinha
IMG_20180723_194015458_HDR.jpg
Fiquei fascinada pela cor de San Marino

San Marino revelou-se um “cantinho” acima das minhas expectativas. A cor dos seus prédios, as suas ruas estreitas e simpáticas, as suas 3 belas torres, principalmente a terceira torre estará sempre na minha memória, as suas lojinhas em que fazer comprinhas (vale a pena lá, mas nunca na primeira que encontrar!), a presença do catolicismo nas ruas, as suas estátuas, e jantar acompanhados de uma bela vista da costa Adriática de Itália.

IMG_20180723_173636251_HDR
A 3ª torre, a mais bela
IMG_20180723_180239652_HDR.jpg
Harmonioso estabelecimento
IMG_20180723_180756907_HDR.jpg
A religiosidade presente em cada canto
IMG_20180723_194638690.jpg
Depois que os turistas de passagem seguem viagem, é super agradável caminhar em San Marino e apreciar seus detalhes
IMG_20180723_194732333_HDR.jpg
Arte por todo o lado
IMG_20180724_094242815.jpg
Arte para o público visitante

No dia seguinte, já descansados de tantas aventuras em estrada podemos tomar um belíssimo café da manhã. Não sou muito de falar sobre estes detalhes, mas quando há algo diferente, digno de chamar atenção, então menciono. É o caso! Foi a primeira que vi uma bela apresentação de mel num hotel. Voltamos a caminhar pelas ruas centrais, apreciar a passagem inesperada da guarda nacional (fui atrás, ver filme), e em seguida partimos, sendo que desta vez pude apreciar a paisagem dos Uau! Uau! E, importante! Encher o tanque, pois os combustíveis são mais baratos do que em Itália.

FB_IMG_1534678002272.jpg
Hotel Titano

Segue o vídeo que fiz de um lugar que gostarei de voltar, pois foram momentos harmoniosos e de uma beleza que não esperava apesar de ter visto vídeos antes de ir, surpreendeu-me positivamente.

Até ao próximo post ainda sobre San Marino! 😉

21 comentários sobre “San Marino, para sempre

    • Sim! Foi paixão à primeira vista. 😊 Soube muito bem andar ali. Tirei muitas fotos pessoais.
      Sabe, qdo gosto muito de um lugar que eu não esperava causar impacto positivo, eu compro algo para andar comigo ao corpo, então tenho um anel e um colar de San Marino. Rsrs O anel faz companhia ao de Budapeste, q é um outro lugar q eu não esperava ser tão bonito, “gostoso” mesmo. Rsrs
      São importantes para mudar o foco. 😉

      Curtido por 1 pessoa

    • Obrigada!
      Achei tão original, q não quis acreditar. 4 pessoas e só um celular presente, q cá em casa chamamos gsm. Então, meu garoto tirou a foto das minhas mãos no favo de mel. Rsrs Uma família q penso ser da Noruega fez o mesmo. Rsrs

      Curtir

    • Rsrs é de paz depois que os turistas de passagem ainda não chegaram ou vão embora. Ou seja até cerca de 11hs da manhã e após às 17hs, mais ou menos. Fora deste horário passam grupos com guia segurando uma pequena bandeira de sinalização.
      Sim, eu senti isso, não me cansava de admirar, de procurar detalhes, artes,..
      Não me importava de rever um dia. Uma terra q conhecia do GP de Fórmula 1.
      Abraço!

      Curtido por 1 pessoa

  1. Adoro Italia, mas nunca olhei para o mapa bem o suficiente para me despertar o gosto por passar por San Marino. Mas ao ler e ver as fotos deste post, fiquei bem curioso! Aliás, estou neste momento no aeroporto de Tirana para embarcar para Bolonha. Pena que só lá tenha dois dias, senão era já desta! 🙂

    Curtido por 1 pessoa

  2. abito a poco meno di 80km da San Marino, stato indipendente dall’Italia, e ogni volta che vado ricavo sempre la stessa impressione di bellezza, se ti capiterà cerca di tornare il 3 settembre: ogni anno si festeggia l’indipendenza della Repubblica ed è molto bello assistere

    Eu moro a pouco menos de 80km de San Marino, independente da Itália, e toda vez que vou sempre tenho a mesma impressão de beleza, se por acaso tentem voltar no dia 3 de setembro: todos os anos celebramos a independência da República e muito bom assistir

    Curtido por 1 pessoa

Deixe uma resposta para Gabriel Moura Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s