“A pressão no muro irá aumentar”

Durante a leitura de Cruze esta linha, de Salman Rushdie, encontro esse aviso real e iminente…

Como disse o prêmio Nobel professor Amartya Sen, o problema não é a globalização. O problema é uma justa distribuição de recursos em um mundo globalizado. E à medida que aumenta o abismo entre os possuidores e os despossuídos do mundo (e ele aumenta o tempo todo), e à medida que até o suprimento de coisas essenciais, como água potável, se torna mais escasso (e escasseia o tempo todo), a pressão no muro irá aumentar.
Salman Rushdie, em Cruze esta linha

O saudoso pernambucano Chico Science (Francisco de Assis França) e a sua Nação Zumbi, no álbum da Lama ao Caos (1994) cantou: ” A cidade não pára. A cidade só cresce. O de cima sobe. E o de baixo desce”.

Até ao próximo post!

 

10 comentários sobre ““A pressão no muro irá aumentar”

  1. O mundo está virando uma grande panela de pressão prestes a explodir, mas os mais ricos estão se protegendo dessa explosão colocando os mais pobres como escudo. Eu penso que estamos indo cada vez mais para o fundo desse abismo.
    Ótima reflexão que trouxeste.
    Abraço.

    Curtido por 1 pessoa

  2. E nem um vírus faz as pessoas pensarem a respeito. Eu vi cenas horríveis nessa pandemia.. nada mudou e mesmo assim as pessoas falam em ser melhor depois de tudo isso. Somos humanos e estamos a nos atropelar há tempos. Acho que seremos cada vez piores.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Concordo, Léo. No entanto, há um lado da globalização que um grupo torna a nossa convivência humana cada vez mais difícil e intolerante. Foi essa miscigenação q a globalização gerou, e eles acham insuportável. Eu não vejo mal nessa miscigenação, vejo na visão ainda mais capitalista selvagem q ela trouxe.
    Penso que ele quis dizer que seria possível viver numa globalização mais justa na distribuição de renda, mas os anos se passaram e isso não aconteceu, e, provavelmente, não acontecerá para grande parte da população mundial. Se não estou em erro qdo ele disse isso, era ainda a década de 90.
    A Internet, por exemplo, trouxe pontos positivos, mas deu voz para a imbecilidade. Hoje vivemos o pior da Internet, e não damos conta de tanta notícia falsa.

    Curtir

  4. Quando eu lembro q existe fome no mundo quando a gente já produz alimento suficiente pra quase 10 bilhões de pessoas e que 10 bilhões de pessoas é a projeção de crescimento populacional lá pro final do século, eu penso q já falhamos como sociedade, a pressão é real e só cresce, mesmo.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s