Strudel de alheira

É quase fim de semana vai uma dica de culinária. 😉

O Miau do Leão vai à cozinha para trazer um pouco da culinária portuguesa.  Desta vez preparei um strudel de alheira que é um enchido  típico português. Fui aos arredores de Bruxelas para comprar as alheiras no maior mercado português existente na Bélgica. É lá que também encontro algumas delícias brasileiras. A receita é do website de um supermercado português (Pingo Doce). É perfeita a combinação de alheira e maçã com um toque improvisado de espinafres substituindo os grelos da receita original. As sementes de papoila permaneceram na cobertura dando um acabamento todo especial. Acompanhei com uma salada bem composta de folhas diversas, pepino, tomate, passas, nozes, quejo feta, temperada com zatar, vinagre balsâmico e azeite português. Uma receita suficiente para 4 pessoas. Voilá! 😉

INGREDIENTES da receita original

400 g (2 unid.) alheiras de Mirandela
320 g (4 unid.) maçãs
1 c. de chá canela em pó
1 dente de alho
1 c. de sopa azeite
400 g (1 emb.) grelos congelados ( substitui por espinafres)
1 c. de chá sal
qb pimenta
230 g (1 emb.) massa folhada
1 ovo M
1 c. de sopa sementes de papoila

PREPARAÇÃO

1. Pré-aqueça o forno a 200 °C.

2. Coza as alheiras em água a ferver por cerca de 4 minutos. Retire-as da água, corte-lhes a pele e retire o recheio para uma taça. Reserve.

3. Descasque e corte as maçãs aos cubos para um tacho com um pouco de água. Junte a canela e deixe cozinhar em lume médio até as maçãs estarem macias.

4. Enquanto isso, numa frigideira, salteie o alho no azeite. Adicione os grelos e deixe cozinhar por cerca de 10 minutos em lume brando. Tempere com sal e pimenta a gosto. Reserve.

5. Desenrole a massa folhada e com a ajuda de um rolo da massa estique-a ligeiramente até que tenha um formato rectangular. Coloque-a num tabuleiro de forno forrado com papel vegetal.

6. Ponha no centro da massa uma camada de maçã, outra de grelos e outra de alheira.

7. Com a ajuda de uma faca, corte as laterais da massa em tiras e entrance-as uma a uma.

8. Pincele a massa com o ovo batido, polvilhe com as sementes de papoila e leve ao forno cerca de 12 minutos. (Deixei 25 min)

Acompanhei com salada!

Até ao próximo post!

20 comentários sobre “Strudel de alheira

  1. A parte que eu mais gostei foi a ida ao mercado português da Bélgica. Vou até pesquisar a respeito. Amo mercados antigos. Aqui em São Paulo eu ia (pretendo voltar a fazer isso) ao da Cantareira, conhecido por Mercadão. Maravilhoso e com produtos do Brasil todo e de fora também. É um lugar de aromas que estimular a imaginação e a minha vontade de ir para a cozinha.
    O prato ficou muito apetitoso, pena que a modernidade ainda não nos brinde com os aromas, mas o imaginário trabalha a favor. rs

    bonapetito

    Curtido por 1 pessoa

  2. Também sonho com esse brinde da modernidade, mas pode tb nos trazer aromas desagradáveis. Rsrsrsrs
    O mercado português não é antigo, mas tb não tem ar moderno. É, na verdade, um pequeno supermercado, mas assim que se entra sente-se que não é igual aos outros. A começar pela variedade de frutas que estão logo à entrada. Só lá tenho encontrado papaia/mamão. Depois vem a sonoridade da língua portuguesa que se ouve entre os funcionários. E o melhor… todo o sabor da culinária portuguesa. Não podia faltar algumas delícias do Brasil, e tb uma pequena amostra de produtos da Espanha, Itália e Grécia.
    Eu criei o hábito de chamar mercado. Mercado significa para mim algo mais próximo, um lugar onde posso consultar o funcionário sobre o melhor para fazer tal prato, ou qdo vem tal peça de carne (melhor dia), enfim. Eu não tenho essa intimidade num supermercado belga. Rsrsrs

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s