Uma praia na Holanda II

Aproveitando a onda de calor que se faz na Europa fui à praia na Holanda durante esta semana. Sendo que desta vez para o lado direito da praia que falei neste post (aqui).

Você, talvez, se pergunte o por quê de ir à praia na Holanda e não na Bélgica.

Algumas razões:

– a cidade que vivo tem como “quintal” a Holanda.
– As praias belgas acessíveis, infelizmente, os prédios chegam até a costa, e as praias holandesas não. É bem verdade que apesar dos prédios tão próximos, o trânsito vai até uma quasra atŕas, mais ou menos.
– Para chegar numa praia belga enfrentamos mais tráfego do que para uma praia holandesa.
– Estcionamento pago mais organizado e com mais vagas na Holanda.

Vamos ver mais um filme da praia Groede Strand (mais à Norte), em BreskensHolanda.

Até ao próximo post! 😉

Anúncios

Uma praia na Holanda

O dia seguinte ao passeio (domingo), em Durbuy, fez-se também um lindo dia com expectativa de 30ºC. Olhamos um para o outro: ficar em casa? Nem pensar! É verão! 🙂

Decidimos ir à praia. A mais viável e próxima para um lindo domingo era na Holanda. Seguimos em direção à praia de Groede Strand, a 1h e 10 min de casa.

A Holanda é um país ao qual gosto muito de ir. Eles são muito bons em engenharia civil. Estradas que mais parecem um tapete e bem sinalizadas. Quase perfeitas vias para ciclismo até à praia. Áreas que foram drenadas e que fizeram surgir novas terras para plantio e para viver. Utilização de energia limpa.

A urbanização não chega próximo à praia. Muitas pessoas utilizam a bicicleta para curtir a praia. Por isso há estacionamentos para carros (pagos) e estacionamentos gratuitos para bicicleta.

Há uma proteção em areia e plantas, que ultrapassamos através de uma escadaria, em seguida encontramos uma pista de bicicleta e só depois chegamos à praia.

IMG_20180715_132518538.jpg

IMG_20180715_132820118.jpg

Logo à entrada há um quadro com todas as informações do tempo, mar e qualidade da água. Ao lado uma casa dos salva-vidas e mais à frente um restaurante. No areal há um parque para crianças e várias casinhas que imagino que sejam alugadas.Os salva vidas eram bem atuantes com moto náutica. O sorvete chega num pequeno carro. No mar estavam alguns barcos à vela, e também era passagem de vários navios de mercadorias.

IMG_20180715_181735516.jpg

IMG_20180715_165412452.jpg

IMG_20180715_154730937.jpg

A água estava na temperatura ideal para minha grande surpresa que imaginava estar bem fria. A tonalidade da água lembrou-me as praias do Norte de Pernambuco. Foi o meu primeiro mergulho no mar do Norte. E voltaremos!

IMG_20180715_175833240_BURST000_COVER_TOP.jpg

Conheça esta praia holandesa em fotos e filme que fiz. Vem comigo! Espero que gostem. 😉

😉

Mais uma vez no Efteling, Holanda

O dia das mães é comemorado no Brasil e na Bélgica no 2º domingo de Maio.  Para mim, a comemoração foi na véspera com muita adrenalina no Parque Efteling, em Waalwijk – Holanda. Sendo assim, cumprimos o que havíamos planejado, mas que foi interrompido pela mudança do tempo.

Eu já falei deste parque que é o melhor da BENELUX há um ano atrás. E você poder rever o texto e fotos aqui.

Desta vez, fiz apenas um filme. Espero que gostem! 😉

Até ao próximo post! 😉

Uma tarde a caminhar entre a natureza na Holanda

Quando escrevo sobre os meus passeios, viagens e visitas, tenho a intenção de inspirar, de trocar, de mostrar, de dar a conhecer…, e para mim funciona como uma terapia, no sentido de buscar conhecimento, de ocupar a mente, de fazer novas amizades, de registrar fatos da nossa vida,… E há sempre algo novo dentro do mesmo tema!

Ao escrever este post foi a essa conclusão que cheguei. Estes últimos dias estive em dois lugares que já estive antes, um deles já perdi a conta (Antuérpia). É impressionante como sempre há algo a se observar, a se descobrir, a se informar.

Nas quartas-feiras à tarde não há aulas na Bélgica (outros países europeus também), e esta veio na véspera de um feriado que por sua vez foi feita uma “ponte” com o fim de semana. A tarde estava bonita e quente. Não dá para resistir. 😊 E, assim fomos para Holanda, mais precisamente ao parque nacional De Loonse en Drunense Duinen, pela segunda vez na vida.

A primeira vez foi a cerca de um ano atrás, e eu falei (aqui). Naquele momento chegamos mais cedo, alugamos as bicicletas e fizemos a trilha destinada a elas. Ontem, já chegamos muito perto do término de funcionamento (18hs) da loja e restaurante; e assim fazia mais sentido fazer algum trecho da trilha à pé. Uma experiência diferente, que produziu novas imagens, novas recordações e sensações.

Pela sombra havia alguns mosquitos, mas nada que impedisse a diversão. Foram muitas fotos pessoais, mas não esqueci de vocês, meus amigos virtuais, e a seguir vem mais algumas imagens, e o primeiro filme que fiz deste parque natural. No post do ano passado, como tudo era novidade, e eu estava a pedalar, então não me foi possível filmar.

Depois do parque fomos para o hotel, e a seguir fomos jantar ao Eetcafé Kandinsky e caminhar um pouco em Waalwijk, Holanda. Como é de costume do blog vou mostrar os pratos. Como gosto de culinária sempre é uma inspiração para que eu tente repetir em casa, e espero que o mesmo aconteça convosco. Eu fui de hambúrguer com 2 tipos de queijos, batatas fritas de milho e acompanhei com cerveja trapista com leve sabor à caramelo. Os filhos foram de carne de porco super macia com molho saté, que eu pedi para provar aquele delicioso molho à base de amendoim. As sobremesas foram uma rabanada com sorvete de baunilha e speculoos em farofa; e a outra foi oreo com chocolate e sorvete de limão.

À seguir fomos para o hotel com a intenção de no dia seguinte ir ao parque Efteling, mas o clima mudou completamente, coisas desta região temperamental. 😊 Mudamos os planos e fomos caminhar pelas ruas centrais de Antuérpia, mas isso ficará para o próximo post. 😊 O parque ficará para breve.

IMG_20180509_164310413_HDR.jpg
IMG_20180509_164414943.jpg

IMG_20180509_165254885_HDR.jpg
IMG_20180509_170053837_HDR.jpg
IMG_20180509_171028221.jpg

 

IMG_20180509_172251443.jpg
Encontrei essa gracinha e não resisti 🙂

O vídeo que está no canal O Miau do Leão:

Até a continuação deste post! 🙂

 

Habilidades das Palavras II

Em Dezembro de 2015, eu escrevi aqui no blog sobre a habilidade que tem as palavras. Uma inspiração que surgiu depois de ler uma crónica de um dos meus autores prediletos José Saramago. A partir daí quando vou a outro país procuro pelas tais habilidades das palavras. Tudo começou na ilha da Sardenha (Itália). Vejam aqui. A que trago hoje vem da Holanda.
E vocês já se depararam com alguma outra habilidade das palavras? 🙂

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Tot ziens!

Parque Efteling 65 anos, Holanda

E, continuando sobre o fim de semana na Holanda… Eis o segundo dia com muita adrenalina. Eu fui, mas continuo sem entender porque pagamos para sofrer. Eu digo sempre isso, mas sempre vou. Lol
Tivemos uma feliz coincidência. É que no passado fomos à Disney Paris quando esta completava os seus 15 anos. E, agora fomos ao Parque Efteling quando está completando 65 anos!
Eu não podia reclamar tanto, afinal o parque tem muita natureza, e eu adoro estar em contato com a natureza.
O Efteling é mais que um parque de diversões, há um parque de golfe, alojamentos, e também tem uma estrutura para eventos comerciais. E, ainda conta com um amplo e organizado estacionamento que é pago a parte dos bilhetes de entrada (10€).
A temática principal do parque são os contos de fadas, para isso conta com a participação de designers e escritores. A presença de montanhas russas excitantes, passeios de barco em conjunto, atrações em que ficamos de cabeça para baixo, bastante variedade na área de restauração, enfim tudo isso lhe garante a posição de ser o parque mais visitado da Holanda e ser um dos maiores parques temáticos da Europa. Organizado para agradar a todas faixas etárias e com um cuidado especial para pessoas portadores de alguma deficiência. Você pode caminhar até as atrações utilizando os mapas que são distribuídos à entrada ou utilizar o aplicativo Efteling.

Vem comigo conhecer um pouco do Efteling em imagens.
IMG_20170526_184244699
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
20170526_162233
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
P5260304.JPG
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Tot ziens! 😉

Uma tarde a pedalar entre a natureza na Holanda

Dos países que a Bélgica faz fronteira, o que mais gostamos de ir é a Holanda. E já alguns passeios mostrei aqui no blog. No fim da primavera passada foi a vez de mais uma visita àS terras holandesas. Aproveitamos um fim de semana livre e dividimos um dia para estar com a natureza e o outro para uma dose de adrenalina. Entre os dois dias passamos a noite na cidade de Rosmalen (Holanda).
Então, saímos a meio da manhã da Bélgica e chegamos às horas de almoço ao De Rustende Jager. Estavámos no ambiente ideal para um pic-nic, e foi o que fizemos.
Em seguida, fomos à secretaria do De Rustende Jager e alugamos 4 bicicletas por 10€ cada, para toda a tarde. Este é o tipo de divertimento que eu mais gosto, pois adoro estar em contato com a natureza e pedalar.
O Parque Nacional de Loonse e Drunense Duinen (Nationaal Park De Loonse en Drunense Duinen, em holandês) tem cerca de 35 km2, e desde 2002 preserva uma floresta de coníferas, dunas, pântanos e turfas, na região de Tilburg.
O parque conta com estacionamentos, estabelecimentos de restauração, alojamentos, recreação, possibilidade de aluguel de cavalos e charretes, e moto, além das citadas bicicletas. Ao fazer o aluguel recebemos um pequeno mapa com as possíveis trilhas a percorrer de acordo com a forma que deseja conhecê-lo, ou seja, se a pé (pode levar cão), bicicleta, mountain bike, cavalo, bem como é possível solicitar excursão.
Além de poder apreciar e desfrutar de toda a natureza à volta das trilhas, ficamos a conhecer uma área que era utilizada para treinamento militar, também passamos por um antigo campo de concentração durante a Segunda Guerra Mundial (Camp Vucht), bem conservado e transformado em museu, bem como terrenos de lavoura e pecuária. O parque é bastante utilizado por todas as faixas etárias. Eu adorei este passeio. O Miau do Leão estava em seu habitat. 🙂 E, vamos conhecê-los em fotos…

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
P5250276.JPG
P5250277.JPG

P5250278.JPG
Os famosos canais holandeses

 

P5250279.JPG
Um ex-campo de concentração (Camp Vucht) ainda com parte do trilho conservado

 

IMG_20170525_181140912.jpg
Um placar sobre o campo de concentração

 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
As não menos famosas, vacas holandesas

Tot ziens!;)