Uma tarde em Rotterdam

O primeiro dia de outono revelou imagens de uma Rotterdam moderna, capaz de esconder o sofrimento que esta cidade passou durante a 2a. Guerra Mundial. Também foi um dia especial, pois o meu filho mais velho fez 17 anos. Vem comigo passear! 😉

Na caminhada para conhecer as casas em cubos, registrei um belo painel que resume a Rotterdam do passado e do presente.

IMG_20190922_152523055_HDR.jpg
Painel Roterodamum

Na mesma avenida do painel encontra-se o belo prédio da prefeitura.

IMG_20190922_152709930.jpg
prefeitura (stadhuis)

 

Após quase total destruição durante a 2a Grande Guerra, Rotterdam renasce com prédios grandiosos, mostrando a força da engenharia holandesa.

IMG_20190922_153600837.jpg

IMG_20190922_155847509.jpg

 

Um desses prédios é o Market Hall. Por dentro há várias lojas, restaurantes, incluindo uma lojinha portuguesa. A estrutura exterior é composta de apartamentos habitáveis. O teto interior é simplesmente estonteante.

IMG_20190922_154159403.jpg
Market Hall
IMG_20190922_154205419_HDR.jpg
Espaço ao lado do Market Hall
IMG_20190922_154711779.jpg
Teto do Market Hall
IMG_20190922_155119946.jpg
Loja portuguesa dentro do Market Hall
IMG_20190922_155152631.jpg
Loja de queijos dentro do Market Hall
IMG_20190922_161008174_HDR.jpg
Exterior (outro lado) do Market Hall

Depois de conhecer o Market Hall ficamos a passear pelas ruas próximas… E, claro, sem faltar as famosas casas dos cubos  (Kubuswoningen).

IMG_20190922_154407327_HDR.jpg
Rotterdam

IMG_20190922_154520738_HDR.jpg

IMG_20190922_160403261.jpg

Mais uma gaivota para minha coleção…

IMG_20190922_162107670_BURST000_COVER_TOP.jpg

E aqui o filme do passeio sobre uma tarde em Rotterdam…

Até ao próximo post! 😉

Acompanha o blog O Miau do Leão também no Instagram, Facebook, YouTuBe e Twitter. :

Em 3 países ao mesmo tempo

Aproveitando um dia do último fim de semana antes do início de ano letivo, em Setembro, e que seria um belo dia ensolarado, decidimos ir a Aachen, na vizinha Alemanha.

Entretanto, antes de chegar a Aachen, desviamos um pouco do trajeto direto e fomos até a tríplice fronteira, que não fica muito longe da cidade.

IMG_20190831_133243938_HDR.jpg
Marco da Tríplice Fronteira – Alemanha, Bélgica, Holanda

O ponto de encontro entre Alemanha, Bélgica e Holanda é um importante símbolo da unidade europeia, mas também uma atração turística, com restaurantes, parques de estacionamento, torres de observação e uma floresta que cerca o recinto, muito procurada para caminhadas e pedaladas. Um espaço agradável de se estar.

IMG_20190831_143918228_HDR.jpg
Vista para a Bélgica

O ponto mais alto da Holanda estava bem próximo do marco da tríplice fronteira com 322,5 metros de altura.

IMG_20190831_143403765_HDR.jpg
Marco do ponto mais alto da Holanda 322,5 m

Vamos conhecer o ambiente em vídeo? Vem comigo a um curto passeio!

 

Até ao próximo post! 😉

Lembrando que o Blog está também no Facebook, Instagram, YouTuBe e Twitter.

Uma praia na Holanda II

Aproveitando a onda de calor que se faz na Europa fui à praia na Holanda durante esta semana. Sendo que desta vez para o lado direito da praia que falei neste post (aqui).

Você, talvez, se pergunte o por quê de ir à praia na Holanda e não na Bélgica.

Algumas razões:

– a cidade que vivo tem como “quintal” a Holanda.
– As praias belgas acessíveis, infelizmente, os prédios chegam até a costa, e as praias holandesas não. É bem verdade que apesar dos prédios tão próximos, o trânsito vai até uma quasra atŕas, mais ou menos.
– Para chegar numa praia belga enfrentamos mais tráfego do que para uma praia holandesa.
– Estcionamento pago mais organizado e com mais vagas na Holanda.

Vamos ver mais um filme da praia Groede Strand (mais à Norte), em BreskensHolanda.

Até ao próximo post! 😉

Uma praia na Holanda

O dia seguinte ao passeio (domingo), em Durbuy, fez-se também um lindo dia com expectativa de 30ºC. Olhamos um para o outro: ficar em casa? Nem pensar! É verão! 🙂

Decidimos ir à praia. A mais viável e próxima para um lindo domingo era na Holanda. Seguimos em direção à praia de Groede Strand, a 1h e 10 min de casa.

A Holanda é um país ao qual gosto muito de ir. Eles são muito bons em engenharia civil. Estradas que mais parecem um tapete e bem sinalizadas. Quase perfeitas vias para ciclismo até à praia. Áreas que foram drenadas e que fizeram surgir novas terras para plantio e para viver. Utilização de energia limpa.

A urbanização não chega próximo à praia. Muitas pessoas utilizam a bicicleta para curtir a praia. Por isso há estacionamentos para carros (pagos) e estacionamentos gratuitos para bicicleta.

Há uma proteção em areia e plantas, que ultrapassamos através de uma escadaria, em seguida encontramos uma pista de bicicleta e só depois chegamos à praia.

IMG_20180715_132518538.jpg

IMG_20180715_132820118.jpg

Logo à entrada há um quadro com todas as informações do tempo, mar e qualidade da água. Ao lado uma casa dos salva-vidas e mais à frente um restaurante. No areal há um parque para crianças e várias casinhas que imagino que sejam alugadas.Os salva vidas eram bem atuantes com moto náutica. O sorvete chega num pequeno carro. No mar estavam alguns barcos à vela, e também era passagem de vários navios de mercadorias.

IMG_20180715_181735516.jpg

IMG_20180715_165412452.jpg

IMG_20180715_154730937.jpg

A água estava na temperatura ideal para minha grande surpresa que imaginava estar bem fria. A tonalidade da água lembrou-me as praias do Norte de Pernambuco. Foi o meu primeiro mergulho no mar do Norte. E voltaremos!

IMG_20180715_175833240_BURST000_COVER_TOP.jpg

Conheça esta praia holandesa em fotos e filme que fiz. Vem comigo! Espero que gostem. 😉

😉

Mais uma vez no Efteling, Holanda

O dia das mães é comemorado no Brasil e na Bélgica no 2º domingo de Maio.  Para mim, a comemoração foi na véspera com muita adrenalina no Parque Efteling, em Waalwijk – Holanda. Sendo assim, cumprimos o que havíamos planejado, mas que foi interrompido pela mudança do tempo.

Eu já falei deste parque que é o melhor da BENELUX há um ano atrás. E você poder rever o texto e fotos aqui.

Desta vez, fiz apenas um filme. Espero que gostem! 😉

Até ao próximo post! 😉

Uma tarde a caminhar entre a natureza na Holanda

Quando escrevo sobre os meus passeios, viagens e visitas, tenho a intenção de inspirar, de trocar, de mostrar, de dar a conhecer…, e para mim funciona como uma terapia, no sentido de buscar conhecimento, de ocupar a mente, de fazer novas amizades, de registrar fatos da nossa vida,… E há sempre algo novo dentro do mesmo tema!

Ao escrever este post foi a essa conclusão que cheguei. Estes últimos dias estive em dois lugares que já estive antes, um deles já perdi a conta (Antuérpia). É impressionante como sempre há algo a se observar, a se descobrir, a se informar.

Nas quartas-feiras à tarde não há aulas na Bélgica (outros países europeus também), e esta veio na véspera de um feriado que por sua vez foi feita uma “ponte” com o fim de semana. A tarde estava bonita e quente. Não dá para resistir. 😊 E, assim fomos para Holanda, mais precisamente ao parque nacional De Loonse en Drunense Duinen, pela segunda vez na vida.

A primeira vez foi a cerca de um ano atrás, e eu falei (aqui). Naquele momento chegamos mais cedo, alugamos as bicicletas e fizemos a trilha destinada a elas. Ontem, já chegamos muito perto do término de funcionamento (18hs) da loja e restaurante; e assim fazia mais sentido fazer algum trecho da trilha à pé. Uma experiência diferente, que produziu novas imagens, novas recordações e sensações.

Pela sombra havia alguns mosquitos, mas nada que impedisse a diversão. Foram muitas fotos pessoais, mas não esqueci de vocês, meus amigos virtuais, e a seguir vem mais algumas imagens, e o primeiro filme que fiz deste parque natural. No post do ano passado, como tudo era novidade, e eu estava a pedalar, então não me foi possível filmar.

Depois do parque fomos para o hotel, e a seguir fomos jantar ao Eetcafé Kandinsky e caminhar um pouco em Waalwijk, Holanda. Como é de costume do blog vou mostrar os pratos. Como gosto de culinária sempre é uma inspiração para que eu tente repetir em casa, e espero que o mesmo aconteça convosco. Eu fui de hambúrguer com 2 tipos de queijos, batatas fritas de milho e acompanhei com cerveja trapista com leve sabor à caramelo. Os filhos foram de carne de porco super macia com molho saté, que eu pedi para provar aquele delicioso molho à base de amendoim. As sobremesas foram uma rabanada com sorvete de baunilha e speculoos em farofa; e a outra foi oreo com chocolate e sorvete de limão.

À seguir fomos para o hotel com a intenção de no dia seguinte ir ao parque Efteling, mas o clima mudou completamente, coisas desta região temperamental. 😊 Mudamos os planos e fomos caminhar pelas ruas centrais de Antuérpia, mas isso ficará para o próximo post. 😊 O parque ficará para breve.

IMG_20180509_164310413_HDR.jpg
IMG_20180509_164414943.jpg

IMG_20180509_165254885_HDR.jpg
IMG_20180509_170053837_HDR.jpg
IMG_20180509_171028221.jpg

 

IMG_20180509_172251443.jpg
Encontrei essa gracinha e não resisti 🙂

O vídeo que está no canal O Miau do Leão:

Até a continuação deste post! 🙂

 

Habilidades das Palavras II

Em Dezembro de 2015, eu escrevi aqui no blog sobre a habilidade que tem as palavras. Uma inspiração que surgiu depois de ler uma crónica de um dos meus autores prediletos José Saramago. A partir daí quando vou a outro país procuro pelas tais habilidades das palavras. Tudo começou na ilha da Sardenha (Itália). Vejam aqui. A que trago hoje vem da Holanda.
E vocês já se depararam com alguma outra habilidade das palavras? 🙂

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Tot ziens!