Penne com courgettes e ricotta

IMG_20180419_151601813

Uma pequena pausa no diário de bordo sobre a viagem à Hong Kong, e lá vem mais uma receitinha prática, rápida e saudável.

Esta vem de um livro que já citei aqui, e que me foi oferecido por uma amiga que tão cedo partiu. :,(

Ainda não conheci ninguém que não goste de um prato com massas. Se alguém que venha a ler esse post, e não goste, por favor se apresente.
Este prato leva courgette, que também pode ser conhecida como abobrinha. Poucas calorias, muito magnésio, cálcio e vitamina C.

Para 4 pessoas:
400g de penne
sal
1kg de courgettes pequenas
4 dentes de alho
molho de manjericão
2 a 3 colheres de sopa de azeite
350g de queijo ricotta
pimenta
40g de queijo parmesão ralado

Passo 1: Coza as penne em água abundante a ferver temperada com sal, seguindo as instruções da embalagem. Lave as courgettes, limpe e branqueie durante 2 minutos em água a ferver temperada com sal e corte em fatias com 1cm de espessura. Descasque o alho e pique finamente. Lave o manjericão, seque e corte em tiras.

Passo 2: Aqueça o azeite numa frigideira. Salteie durante 1 minuto as fatias de courgettes e junte o alho. Misture as penne, as courgettes, o manjericão, o queijo ricotta, sal e pimenta. Sirva com o parmesão.

IMG_20180301_190949169

Bom apetite! 🙂

Anúncios

Gratinado de Massa com Peixe Fumado

IMG_20180419_151601813

Vai mais uma receitinha…

Esta receita foi de um livro que ganhei de uma amiga portuguesa, que já não está entre nós. :,(

Livro: Massas (simples, requintadas e tipicamente italianas) da Naumann Et Göbel.

Eu fui achando a receita interessante até esbarrar no tal peixe fumado, mas segui a leitura até chegar nas dicas. Ufa! Receita salva e o jantar também. 😊 Segui completamente a receita, sendo que substitui o peixe fumado por filetes de salmão fumado.

Para 4 pessoas:
200g de cotovelos
80g de manteiga
30g de farinha
250ml de leite
250ml de natas
80g de queijo emmental ralado
sal
pimenta
1 colher sopa de aneto picado
1 colher sopa de salsa picada
400g de peixe fumado
2 maçãs
sumo de 1 limão

Passo 1: Coza as massas al dente em abundante água a ferver. Retire a água e deixe escorrer. Aqueça previamente o forno a 200ºC (com ar circulante a 180ºC).

Passo 2: Derreta 50g de manteiga numa frigideira e, mexendo, vá incorporando a farinha. Deixe começar a fazer espuma e, de seguida, regue com o leite e as natas.

Passo 3: Misture bem até obter uma mistura homogénea e deixe cozinhar até engrossar.

Passo 4: Retire do lume, incorpore 50g de queijo e deixe derreter. De seguida. Tempere com sal, pimenta e ervas aromáticas.

Passo 5: Retire a pele e as espinhas ao peixe, e lasque em pedaços pequenos. Descasque as maçãs, corte em quartos e depois em fatias finas, após retirar a parte anterior.

Passo 6: Misture os pedaços de peixe e de maçã com as massas, envolva com o molho e tempere com sal, pimenta e sumo de limão.

Passo 7: Deite o preparado numa forma para gratinados untada. Deite por cima a restante manteiga em flocos e deixe alourar durante aproximadamente 20 a 30 minutos com a forma na posição média do forno.

DICA: Pode variar o peixe fumado de acordo com o seu gosto e vontade. Os tenros filetes de salmão são uma boa opção.

IMG_20180303_195513583

Bom apetite! 😉

Quase moqueca de tofu

Enquanto não organizo as informações sobre a última viagem e o meu dia-a-dia, vou publicando alguns posts pendentes. Gente, ainda estou numa fase que ando pensativa também, do tipo: eu estive mesmo na Ásia ou foi um sonho? Rsrsrs

Então, eu trago mais uma receita que fiz. Desta vez com tofu! É a quase Moqueca de Tofu. 😊

Eu vi esta receita num blog que sigo, OH! Foi Sem Querer, da Raquel Santos.
https://ohfoisemquerer.wordpress.com/2018/03/01/historias-em-lume-brando-quase-moqueca-de-tofu/

Cheguei a comentar lá, que ia fazê-la porque era a minha cara. E fiz mesmo! E cá em casa foi um sucesso. 😊 Segui, completamente, a receita. O arroz basmati fiz com anis. Humm… Que perfume! 😉

Ingredientes

1 cebola
2 alhos
1/2 pimento verde
1/2 pimento vermelho
1 malagueta
tofu (250 a 300 gr)
1 limão
1 tomate
1 colher sopa de manteiga de amendoim
1 lata de leite de côco
azeite  e sal q.b

Cortar o tofu em cubos e regar com o sumo de limão. Saltear a cebola e alhos picados num fio de azeite, juntar o tomate cortado e os pimentos cortados em cubos pequenos deixar cozinhar em lume médio. Adicionar o tofu e o sumo de limão e a manteiga de amendoim, a malagueta e sal, deixar cozinhar em lume baixo por mais 5 minutos. Adicionar o leite de côco e deixar em lume brando durante 10 minutos.Verificar os temperos, se sentirem muita acidez por causa do tomate e do limão, adicionem uma colher de sobremesa de mel. Acompanhei com arroz basmati cozinhado com cardamomo e anis.

IMG_20180313_185028644Tot ziens! 😉

Garlic Bacon Alfredo

Esta receita eu vi num vídeo do Facebook. Eram vários vídeos seguidos com sugestões de pratos com frutos do mar. E, uma delas chamou-me logo a atenção e fui fazê-la com pouca modificação. Chama-se Garlic Bacon Alfredo. Alguns dias depois, vi outras variações no YouTuBe, usando, por exemplo, espinafre.

Ingredientes: (4 pessoas)

Camarões, 450g de camarão tamanho 31/40 (descongelo o camarão)
Bacon (6 fatias, mas usei 100g em cubos pequenos)
Sal e pimenta a gosto
½ cebola picada
1 tomate
3 alhos picados
1 pacote de natas (creme de leite)
1 xícara de queijo parmesão ralado
1 colher de sopa de salsa fresca picada
Tagliatelle (calculo cerca de 50g para cada pessoa)

Passo 1: saltear o bacon e o camarão. Enquanto isso, prepare a massa.

Passo 2: retirar os camarões e bacon. Colocar na mesma frigideira a cebola, o tomate e o alho. Saltear.

Passo 3: Adicionar as natas.

Passo 4: Em seguida adicione a massa de tagliatelle, o bacon e o camarão.

Passo 5: Envolver bem. Colocar queijo parmesão ralado e a salsa.

IMG_20180314_134327075

Tot ziens! 😉

 

Dhal indiano com “cara” de caril

Eu já falei aqui no blog, que em casa gostamos muito de todos os pratos que levem caril (curry), então eu já trouxe alguns pratos com esta especiaria e vem mais! 😊

Hoje o prato não era com caril, era com garam masala. Só que na cozinha cabe bem o improviso seja por qual motivo for. E, foi o que aconteceu com a receita original que se chama Dhal Indiano com Torradas de Pão Pitta. Uma receita super saudável com lentilhas vermelhas.

livror

Esta receita está no livro O livro essencial da cozinha vegetariana, editora Könemann.

Porções: 4 a 6

310g de lentilhas vermelhas

2 colheres de sopa de ghee (manteiga clarificada)

1 cebola média, finamente picada

2 dentes de alho, esmagados

1 colher de chá de gengibre fresco ralado (eu usei em pó)

1 colher de chá de açafrão moído

1 colher de chá de garam masala (substitui por caril, pois não vi que o garam havia acabado, experiências)

500ml de água

  • Acrescentei um pouco de coco ralado na receita 😉

 

Torradas de Pão Pitta (acompanhei com Pão Naan)

4 pães pitta redondos

2-3 colheres de sopa de azeite

  1. Ponha as lentilhas num tacho grande e cubra com água. Deite fora alguma que fique a boiar e escorra bem as lentilhas.
  2. Aqueça o ghee num tacho médio. Frite a cebola durante 3 minutos ou até ficar macia. Junte o alho, o gengibre e as especiarias; cozinhe, mexendo mais 1 minuto.
  3. Junte as lentilhas e a água e deixe ferver. Reduza o lume e cozinhe. Mexendo ocasionalmente, durante 15 minutos ou até a água ter sido absorvida. Tenha cuidado no fim da cozedura pois podem pegar ao fundo do tacho.
  4. Passe para uma tigela de ir à mesa e sirva quente ou à temperatura ambiente com Torradas de Pão Pitta ou com pão naan ou pitta.
  5. Para fazer Torradas de Pão Pitta: aqueça previamente o forno a 180ºC. Corte o pão pitta em forma de meia-lua e pincele ligeiramente com azeite. Ponha num tabuleiro e leve ao forno 5-7 minutos, até ficar dourado e estaladiço.
  6. Nota: Se for difícil conseguir, pode usar-se óleo em vez de ghee. Também pode fazer o seu próprio ghee – derreta manteiga e retire a espuma branca que se forma à superfície e verta a manteiga líquida para outro recipiente

IMG_20180228_124512039

Bom apetite!

Tot ziens!;)

Salmão com batatas suecas

Há algum tempo assino a newsletter do Petitchef, um site português de culinária. Não consigo ler com a frequência que desejava, muito menos testar as propostas de pratos deles. Então, vou guardando-as no meu email, até que um dia tive disponibilidade para vasculhá-las. Foi aí que vi esta receita de prato principal bem saudável, e a receita de um acompanhamento, que achei que ficaria bem. Vamos conhecê-la?

Salmão adocicado com molho de soja e canela (4 porções)

2 postas grandes de salmão
Sumo de 1 limão
1 dl de vinho branco
Sal e pimenta q.b.
8 colheres de sopa de molho de soja
1 colher de sopa bem cheia de açúcar
1 colher de chá de canela

Passo 1: Corte o salmão em pequenos cubos de 1 cm e deixe marinar por 20min no sumo de limão com o vinho, o sal e a pimenta. Misture o molho de soja com o açúcar e a canela. Leve o salmão a saltear em frigideira quente por 2 minutos e junte o molho de soja temperado. Deixe saltear até ficar bem dourado.

Passo 2: À parte, prepare um arroz branco, que vai a cozer com 5 a 6 folhas de erva-príncipe. Monte o arroz com um aro de cozinha e sirva o salmão por cima do arroz. Decore com ervas aromáticas e acompanhe com molho de soja diluído em sumo de lima.

Lembrando que 1dl = 100ml. Eu costumo fazer algumas pequenas improvisações nas receitas. Aquela expressão “quem não tem cão, caça com gato” também vale na cozinha. 😊 Assim, eu utilizei o arroz basmati, e na falta da erva-príncipe, coloquei folha de louro. Também não dilui o molho de soja no sumo de lima.

 

Batatas suecas (acompanhamento)

5 batatas
150ml de azeite
1 dente de alho
1 colher de café de paprika (pimento doce, colorau)
1 colher de café de salsa picada

Passo 1: Misture o alho picado, o azeite, a paprika e a salsa.

Passo 2: Lave bem as batatas e corte como se fizesse batatas fritas redondas (mas não corte até ao fundo)

Passo 3: Pincele com a mistura de azeite, tendo o cuidado de passar entre os cortes.

Passo 4: Tempere com sal e pimenta; e leve ao forno a 200ºC por 40 min (verifique que as lamelas não queimem).

Bom apetite!

IMG_20180304_134917613

Tot ziens! 😉

Caril Crioulo de Atum

Eu faço essa receita a uns 16 anos. Aqui em casa somos todos fãs de caril (de frango, de lentilhas vermelhas, de grão de bico, de legumes, e este de atum). Acho que a descobri enquanto esperava ser atendida em alguma sala de espera, e devia estra lá algo como a revista Teleculinária (Portugal). Só sei que a descobri surpreendentemente saborosa. Eu costumo fazer a metade da receita abaixo.

IMG_20180227_122837431

Ingredientes:

4 latas de atum
2 ½ colheres (sopa) de pó de caril
3 colheres (sopa) de polpa de tomate
Vinagre quanto baste
2 cebolas grandes
3 dentes de alho
1 dl de óleo (eu uso azeite)
3 paus de canela
1 frasco de leite de coco
Açafrão, gengibre e sal quanto baste

Desfaça o pó de caril em vinagre e junte a polpa de tomate, o açafrão e o gengibre. Misture bem (deve ficar uma papa mole, mas não demasiado líquida).

Num tacho, leve as cebolas cortadas às rodelas a cozer com o óleo.

Abra as latas de atum e escorra o óleo.

Junte o atum e os paus de canela às cebolas e deixe refogar um pouco.

Adicione a papa de caril e envolva bem, cubra com o leite de coco. Tape o tacho e deixe cozer um pouco em lume brando.

Sirva acompanhado com arroz branco (uso basmati).

Espero que gostem. Bom apetite!

Tot ziens! 😉