A culpa nunca é da vítima!

No Centre Communautaire Maritime (CCM), em Molenbeek (Bruxelas), esteve em exposição até sábado passado, roupas que foram usadas por mulheres quando foram vítimas de estupro.

26232335_1597800716965665_617701314669729503_o.jpg
Exposição em Bruxelas

O nome da exposição em português é: “O que você estava usando?” E tem como objetivo provar que esta pergunta não faz sentido, as vítimas não são culpadas. Sugerir que a roupa que alguém estava usando foi a causadora do estupro é de uma total insensibilidade e desrespeito pela vítima.

Os números oficiais de estupro na Bélgica são referentes a 2013, uma média de 8 reclamações foram enviadas por dia.

Também na Índia, em Bangalore, a ativista Jasmeen Patheja, coleciona roupas dadas por vítimas. Uma pequena sala em sua casa foi convertida em um museu. São dezenas de roupas, cada uma com a sua história.

_99266320_jasmine-18.jpg
Jasmeen Patheja

No Brasil, a cada 11 minutos, uma mulher é estuprada.

Diga: A culpa nunca é da vítima!

Tot ziens!