Quiz na Bélgica

Ontem à noite, apesar da chuva e frio, não deixamos escapar a novidade em forma de diversão. Fomos ao nosso primeiro quiz na Bélgica, em Sint-Niklaas.

FB_IMG_1570270263839.jpg

Os belgas gostam muito de realizar quiz sobre conhecimentos gerais. Uma forma sadia de convívio e de angariar fundos para causas solidárias. Hoje fiz uma pesquisa e vi uma numerosa relação deles que estão para acontecer neste outono. Esta foi para ajudar a casa Bonangana que ajuda estrangeiros com ajuda na aprendizagem do holandês e também ajuda a crianças com seus trabalhos escolares para casa. Foi  o 7º evento deste tipo realizado pelo grupo de amigos do Bonangana, a casa do mundo.

Fiz a inscrição com antecedência. A equipe podia conter até 6 participantes. O pagamento costuma ser de 5€ e paga-se na chegada ao evento. Você pode consumir bebidas ou comidas, mas isso é pago a parte através de uns boletos pré-pagos. Escolhemos um nome, em português, para nossa equipe com sonoridade engraçada para os belgas pronunciarem. Os Xexelentos! Eles dizem algo como: tchetchelentos. :))

Eram 32 equipes e cerca de 200 pessoas no local do evento entre organizadores, participantes e voluntários. 2 telões que cobriram as 9 rondas, e cada ronda com 10 perguntas sobre um tema relacionado a conhecimentos sobre o mundo, além de um envelope com diversas tarefas para serem preenchidas durante o evento.

Ficamos classificados na posição 25º. Todos levam um prêmio de participação, e são chamados para escolher o seu prêmio de acordo com a sua ordem de classificação. Já estou de olho em outro evento deste tipo. 🙂

Até ao próximo post! 😉

Ser voluntário

De 23 de fevereiro à 3 de março/2019 foi comemorado na região flamenga da Bélgica, a semana dos voluntáriosB. Uma campanha annual que visa sensibilizar as pessoas para o trabalho voluntário.

Um dos modelos da campanha deste ano foi o nosso Raphael (16) que iniciou desde setembro passado o voluntariado na instituição Bonangana auxiliando crianças do 5º e 6º ano da escola primária com suas tarefas da escola para casa. A maioria das crianças são estrangeiras ou de pais estrangeiros. Já somos 3 em casa a fazer voluntariado.

IMG_20190225_164902625

Chega um momento que não podemos esperar apenas pelo Estado, precisamos “arregaçar as mangas” e doar algum tempo pela sociedade, pela natureza, para o bem da humanidade, e para o nosso próprio bem. Não quero com essas palavras sugerir uma atitude passiva em relação ao Estado. Não mesmo!

Vejam o vídeo da camapanha. 😉

Pedalar com amigos

No domingo passado participei pela primeira vez de um passeio de bicicletas com um grupo chamado Bonangana. São voluntários, a maioria de reformados, que ajudam estrangeiros com o holandês em duas ocasiões por semana, e também realizam atividades como este passeio de bicicletas, caminhadas, quizz, almoços comemorativos, leitura de livros. Sempre que estou disponível tento participar. O grupo fica em Sint-Niklaas. Também ajudam crianças com as tarefas escolares de casa, mas apenas uma tarde por semana.

FB_IMG_1531135017204.jpg

E, desta vez, tudo combinou bem para minha participação. Saímos da sede até a cidade de Hamme, cerca de 25km. Só que nos primeiros quilómetros, o pneu da minha bicicleta teve um furo. Nenhum problema, todos pararam mais à frente e dois senhores vieram me ajudar. Como não havia solução para o pneu, estacionei-a e foram super gentis arranjando-me uma bicicleta emprestada. Tudo muito organizado e até lanche levaram para todos. Atravessamos um rio através de um serviço gratuito de barco durante o percurso de volta.

IMG_20180708_143622090_HDR.jpg

IMG_20180708_144056032_HDR.jpg

Untitled.jpg

Vez por outra, um ou outro, vinham conversar um pouco, mas eu estava tão cansada que nem português queria falar. E, quando descobriram que eu era brasileira, já imaginam, não é? A infelicidade do Brasil contra a Bélgica no jogo do Mundial de Futebol. Eu fui com meu filho mais velho, e ele que respondia. :))))))

O que importa mesmo, e é a intenção deste post , é chamar a atenção para a importância do voluntariado. Eu sei que alguns não concordam, porque acham que já pagam impostos para isso, mas eu não vejo assim, e por isso, eu própria sou voluntária. Algo que quero falar num futuro post. Sempre há o que fazer e fazer o bem!

Para quem quiser conhecer o projeto e ver mais fotos: http://www.bonangana.be/

Mais fotos do passeio estão no site do Bonangana, clicar em Foto’s e depois escolher Gezinfietstocht.

Até o próximo post! 😉