Coisas de pássaro, o curta metragem

Esse curta metragem da Pixar deve ser bastante conhecido, mas eu não me canso de vê-lo. É muito divertido, a trilha também ajuda a desenvolver a curta trama.

Empatia, inclusão, respeito, tolerância, discriminação,… Há tanto a se explorar neste curtíssimo curta.

Até ao próximo post! 😉

Piper, o curta-metragem

Um curta-metragem é uma ferramenta capaz de ajudar a desenvolver o senso crítico de uma criança. E alguns deles são capazes de manifestar a sensibilidade de um adulto.

É o caso de Piper, este passarinho com medo de sair do seu ninho, e seguir os maiores na busca de sua própria alimentação na praia.

Superar o medo é um grande desafio para uma criança, mas também para muitos de nós, os adultos. Transpor essa barreira pode ser divertido, é isso que Piper tenta transmitir. Aliás, uma tática que uso na vida é rir em situações que tenho medo e nas situações físicas difíceis de transpor.

Vamos ver Piper!

Até ao próximo post! 😉

Os Fantásticos Livros Voadores do Sr. Morris Leesmore, o curta metragem

The fantastic flying books of Mr. Morris Leesmore foi o vencedor do Oscar para animação em 2012.

A história transmite uma relação entre literatura e cinema. A importância do ato de ler ganha vida nesse curta, e também é capaz de devolver a alegria de viver a alguém.

Vem conhecer o Sr. Morris Leesmore, que se transformará num mentor em magia dos livros.

Até ao próximo post! 😉

Parcialmente nublado, o curta metragem

A Pixar em Partly Cloudy mostra o trabalho conjunto entre uma nuvem e uma cegonha, que são encarregadas de levar os bebês aos seus respectivos pais. Do trabalho surge uma amizade sincera, capaz de aceitar seus defeitos e virtudes.

Um boa dica para as crianças e um divertimento para adultos.

Até ao próximo post! 😉

O presente, o curta metragem

The present foi elaborado a partir da história em quadrinhos do brasileiro Fábio Coala, e recebeu vários prêmios.

No início, só é possível perceber um jovem que passa muito tempo a jogar, ao ponto de mal desviar o olhar quando se fala com ele. Sua mãe dá-lhe uma caixa que é um presente. Quando o filho abre-a, então é que o curta se revela. 

Uma história sobre empatia e superação salta aos olhos. 

Descubra-a comigo…

Até ao próximo post! 😉

O último tricô, o curta metragem

O curta metragem finlandês “The Last Knit” ( O Último Tricô, 2005) traz uma senhora que não consegue perceber o limite em parar de tricotar, mesmo que esteja na iminência de perder a vida.

O desenho transmitiu-me a lição de que devemos estar atentos aos limites, e algumas vezes, reconhecer que devemos desistir de um objetivo, não correr o risco de que a compulsão nos domine a vida. O “parar” não deve ser frequentemente interpretado como derrota.

Considero o curta metragem um momento especial para assistir e debater com crianças e jovens sobre a mensagem que ele quer passar. Espero que gostem da dica. 😉

Até ao próximo post! 😉

A vida fácil, o curta metragem

The Easy Life é um curta de apenas 2min:22s. Uma boneca e uma menina faz-nos refletir sobre responsabilidade e busca do conhecimento. A menina encarrega suas tarefas escolares para sua boneca de mesa, cada vez mais. Até que um dia ocorre algo surpreendente.

Talvez, seja o final do curta metragem algo assustador para uma criancinha assistir. O que vocês acham? Vamos vê-lo?

Até ao próximo post! 😉

 

 

 

Vida Maria, o curta-metragem

Vida Maria (2006), é um curta-metragem brasileiro em 3D realizado pelo Governo do Estado do Ceará.

A vida de Maria José, uma menina de 5 anos, cujo seu “divertimento” é aprender a desenhar o nome, mas a sua mãe convence-a de que isso é perder tempo, algo sem importância, diante de tantas tarefas físicas a cumprir: cuidar da casa, trabalhar na roça, buscar água no poço, etc.

O mesmo aconteceu com gerações ascendentes de Marias. E a Maria José cresce, casa e tem filhos, envelhece e o ciclo continuará.

Apenas uma animação cinematográfica? Não. Essa é ainda a triste realidade de um Brasil ainda pouco conhecido, e de outros países pobres também, ou não. O meu “ou não” vem de uma história real passada esta semana na Bélgica, quando uma jovem de 14 anos está grávida, e o pai da criança tem 16 anos. Qual o futuro desses personagens reais? Quais os sonhos de adolescentes serão perdidos ?

Vejo a principal mensagem do curta-metragem sendo em como as experiências que vivemos durante a infância refletem na formação da vida adulta. A mãe de Maria José estimulou a que a filha deixasse de sonhar e brincar, e a própria Maria José reproduziu o que lhe foi ensinado.

Aqui está Vida Maria

The Maker, o curta metragem

Dos mesmos produtores de Zero (aqui) vem esse curta que também ganhou vários prêmios.

Senti a mensagem como a luta contra o tempo para realizar algo de importante e transmitir o conhecimento para a criação. O conhecimento está num antigo livro. E qualquer tempo que ainda reste é válido para viver o amor.

A trilha sonora é um detalhe importante neste curta, pois dá toda a beleza, velocidade e intensidade ao enredo.

Uma dica para ver neste dia de domingo. 🙂

Até ao próximo post! 😉