Luxemburgo: um pouco mais

O Luxemburgo é um país que passa despercebido nas notícias, e apesar de estar a pouco mais de 4hs de Paris, a pouco mais de 2 horas e meia de Bruxelas, fica sempre para se visitar depois, em outra oportunidade.

A verdade é que é um país com uma história de resistência interessante, com paisagem relaxante, com belos monumentos, jardins bem cuidados, com uma apreciável culinária, e um país com muitas curiosidades a se conhecer. E passo a citar algumas:

ser o último grão ducado ainda existente, 37% da população é de origem estrangeira: 13% portugueses – sendo o português a terceira língua mais falada no país; 6,6% franceses, 4,3% italianos; 3,4% belgas e 2,2% alemães.  Tem a maior concentração de bancos da comunidade europeia, venceu 5 vezes o concurso Eurovisão, o atual primeiro ministro Xavier Bettel é casado com o arquiteto belga Destenay Gauthier, que está sempre presente nos eventos públicos como as cimeiras da União da Europeia, e assim, o Luxemburgo é também conhecido como um destino “gay friendly”.

Untitled.png
Gauthier posa para fotos com companheiras de outros chefes políticos em Cimeira de Bruxelas

Andar pelo Luxemburgo também é encontrar a arte e a cultura. Um pouco de arte encontrei na Praça Guilherme II sobre uma parede e na proteção à volta desta praça em reforma. Ah… e também fiz a minha “arte”! 😉 É algo que quando estou inspirada para palhaçadas, e contando com o empurrãozinho do “Vai mãe, vai!”, não deixo escapar a oportunidade de fazer diferente. Nada que os meus 50 anos não me deixe fazer. Afinal, “forever young” !

Untitled.jpg
Homenagem à  François Faber (1887-1915) ciclista que defendeu as cores do Luxemburgo, Praça Guilherme II
IMG_20180520_105338156.jpg
Vai mãe, vai! Série no Luxemburgo, Tapumes da obra na Praça Guilherme II
IMG_20180521_103526965_HDR.jpg
No último dia deixei a nossa prenda por tão boa acolhida, série vai mãe, vai! no Luxemburgo, cidade da justiça

Lembram que falei no primeiro post sobre o Luxemburgo que aproveitei para recriar fotos de 2010 com meus filhos. Pronto, aqui está uma delas. O mais novo passou o mais velho na altura e não foi fácil a recriação. 🙂 Tentamos.

Luxemburgo 7.JPG
Meus queridos em 2010
FB_IMG_1526750046018
Meus queridos em 2018

 

Até ao último post sobre o passeio pelo Grão-Ducado do Luxemburgo! 😉