5º dia: … em Kowloon

Continuando sobre o 5º dia… Após a visita ao Nan Lian Garden fomos tentar almoçar, mas sem sucesso. O shopping ao lado com muitos restaurantes, mas todos lotados e alguns mesmo com filas. No dia seguinte foi que percebemos que se tratava de um de feriado, uma espécie de dia de finados, mas como todo o comércio estava aberto, não nos apercebemos disso. Assim, decidimos retornar para a região do hotel pensando que íamos ter mais sorte.

Foi neste retorno à base que nos chamou a atenção a riqueza da pastelaria e confecção de pão por parte dos chineses. Em Abril, eu estava fazendo ainda um curso de pastelaria, e as imagens abaixo deu-me muita inspiração.
IMG_20180405_153051595.jpg
IMG_20180405_153123104.jpg
IMG_20180405_154817115.jpg
IMG_20180405_154858132.jpg

Passamos também por um mercado de flores. E, estavam muitas pessoas a comprarem. Sim, tínhamos passado por ali antes, mas não estava com tanto movimento, e assim nem percebi que se tratava de um mercado.

IMG_20180405_153231642.jpg
IMG_20180405_153252209.jpg
IMG_20180405_153310364.jpg
IMG_20180405_153323744.jpg
IMG_20180405_153601923.jpg
IMG_20180405_153707412

Até que, finalmente, chegamos no restaurante que havíamos escolhido para comer dim sum. E não é, que o restaurante também estava com fila!! :)) Começamos a desconfiar que algo estava a se passar e estávamos completamente por fora do assunto. Como eu disse, no 6º dia de viagem é que ficamos a saber o motivo, e vou explicar como é que descobrimos que era dia de finados.

Fomos à procura de outro restaurante dim sum. Como já falei em outro post, usamos a linguagem universal da mímica. Os chineses, sabendo que somos estrangeiros, trazem um menu especial com imagens e nome da carne que contém o prato. Os pratos sempre serviços com chá verde sem açúcar. Eu gosto de chá, mas sem pelo menos um adoçante é complicado. Rsrsrs Ok, embarquei no costume local, e sabe que até gostei! Essa situação fez-me lembrar uma cena de minha infância quando os meus pais, em visita a uma cidade, foram convidados a se hospedarem em casa de pessoas conhecidas sem saberem que eram seguidores da alimentação macrobiótica. Rsrsrs Graças a minha forma de ser, só eu não passei fome. Rsrsrs

Eu provei de tudo, apesar de com muita pena por serem bonitinhos e fofinhos.
IMG_20180405_151609416.jpg

IMG_20180405_145327907.jpg
dim sum

 

IMG_20180405_145743001.jpg
Rolos de arroz, acho eu. rsrsrs

Na retorno ao hotel passamos por uma ação coletiva de pintura de um muro com uma mensagem de conscientização pela paz.
IMG_20180405_152430687.jpg

Já que gostamos de provar o dim sum, à noite repetimos e avançamos no pedido. Foi quando provei uma espécie de arroz com carne envolto numa flor de lotus. pela quantidade de pratos sentimos que houve algum engano ou de nossa parte ou do senhor que nos serviu. :))

IMG_20180405_221552693.jpg
Não se preocupar. Depois entregam um menu para turistas. 🙂

IMG_20180405_222224759.jpg
IMG_20180405_223541318.jpg

IMG_20180405_224104925.jpg

IMG_20180405_224217877.jpg
Ao lado direito era umas tripas que não gostei :))
IMG_20180405_224223773.jpg
bolo de arroz e carne em volto em uma flor de lotus. Saboroso!

IMG_20180405_224923539.jpg
IMG_20180405_224930204.jpg

IMG_20180405_232249601.jpg
O restaurante da noite

Até ao 6º dia desta viagem à Hong Kong!

 

 

 

Anúncios

Floralia em Bruxelas

Floralia era um festival romano, em honra à deusa Flora, ocorrido no mês de maio e ligado ao ciclo agrário, para consagrar as florações da primavera. Iniciava-se em 28 de abril e se estendia até 3 de maio.

A Floralia ainda existe, pelo menos em Bruxelas. 😊 Eu fui conhecer esta apresentação de flores, e ainda um desfile de trajes venezianos pelos jardins do castelo, no domingo 16 de abril. O evento ocorre de 6 de abril a 6 de maio de 2018 no parque do Castelo de Groot -Bijgaarden, que conta com 14 hectares de mais de 500 variedades, das quais 400 são tulipas. Havia também vendas de flores e equipamentos simples, bem como uma área de lanches e estufas.

Mais antes de irmos para a Floralia, fomos até ao centro de Bruxelas almoçar. E, falar sobre isso já é costume aqui no blog, pois é um assunto que aprecio muito, a culinária. E advinhem! 😊 Fomos matar saudades da culinária cantonesa. Para isso seguimos uma das indicações do tema The 5 most exotic Asian Restaurants, do livro The 500 Hidden Secrets of BRUSSELS, que faz parte de uma coleção de mais 23 livros sobre segredos de cidades pelo mundo. Assim, escolhemos o restaurante Hong Kong Delight, no bairro Dansaert Quarter. Um restaurante simples, mas com uma comida de autêntico sabor. Nossa escolha foi como entrada 2 tipos de Dim Sum (foto), e como prato principal o pedido foi de pato lacado com arroz basmati e couve chinesa, e pato, porco e frango lacado também acompanhado com arroz basmati e couve chinesa (foto).

Depois de visitar a Floralia, retornamos para casa, e fomos saborear sorvetes (foto) numa das 2 melhores sorveterias da Bélgica, a Foubert.  Por acaso, ambas ficam em nossa cidade, Sint-Niklaas. Assim não perco peso, mas fico mais feliz. 😊

O site para mais informações: http://www.floralia-brussels.be/

Vamos ver como foi em fotos e filme, e no fim coloco as fotos saborosas para ficarem com água na boca. 😉

IMG_20180415_155618183_HDR
IMG_20180415_155614378_HDR.jpg
IMG_20180415_155904837_HDR
IMG_20180415_155951753_HDR.jpg
IMG_20180415_155816665.jpg

IMG_20180415_160604400_HDR

IMG_20180415_161031259_BURST000_COVER.jpg
Eu, O Miau

IMG_20180415_160833250_HDR.jpg

IMG_20180415_161549625.jpg

IMG_20180415_161743196-EFFECTS.jpg

IMG_20180415_162244044_HDR

IMG_20180415_162714390_HDR.jpg

IMG_20180415_163006459_HDR.jpg

IMG_20180415_163407835_HDR.jpg

IMG_20180415_164818130_HDR.jpg

IMG_20180415_171358183_HDR.jpg

IMG_20180415_135731182_LL.jpg
Dim Sum
IMG_20180415_135736264_LL
Dim Sum

IMG_20180415_140852527.jpg

IMG_20180415_192446648.jpg

 

Tot ziens! 😉