Estudar em Portugal de graça

Reprodução do website EURODICAS.

Escolher um país de língua portuguesa para estudar fora pode ser uma tarefa árdua. Apenas 10 países no mundo têm a língua portuguesa como idioma oficial.

Seja para fazer um intercâmbio, graduação, mestrado ou doutorado, Portugal é um dos países mais cotados para os alunos que desejam estudar no exterior.

A qualidade do ensino, as aulas em português e o custo acessível das universidades são os fatores que mais se sobressaem na hora da escolha. Confira abaixo como estudar em Portugal de graça:

Intercâmbio em Portugal

Programa Erasmus (link em inglês) é nome do intercâmbio do continente europeu.

No Brasil, centenas de instituições de ensino e universidades possuem parcerias com universidades de Portugal e acordos para que os alunos brasileiros possam estudar por um ou dois semestres no país português.

Além de ter uma experiência de estudo no exterior, o aluno aprovado para o Programa Erasmus não precisa pagar as mensalidades em Portugal, nem no Brasil, durante o período do intercâmbio.

E os valores das mensalidades podem ser usados para se manter na Europa durante esse período, para pagar gastos com moradia, alimentação e transporte.

Como estudar de graça em Portugal

Para conseguir estudar de graça em Portugal – não sendo para intercâmbio – é preciso concorrer a bolsas de estudo. As bolsas podem ser financiadas por fundações e instituições tanto brasileiras, quanto portuguesas.

No Brasil, a bolsa mais popular é da Fundação CAPES, do Ministério da Educação. Há opções de bolsas para Doutorado, Doutorado Sanduíche no Exterior (PDSE), Pesquisa pós-doutoral, Estágio sênior, Apoio a Eventos no Exterior (AEX), Programa de Áreas Estratégicas e Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia.

Os valores da bolsa da CAPES para Doutorado, por exemplo, é de € 1.300,00 mensais. Confira todos os valores das bolsas CAPES para estudar no exterior.

Já em Portugal, a FCT (Fundação para a Ciência e a Tecnologia) é uma das principais fundações que oferecem bolsas de estudo e pesquisa no país português.

Todos os anos são realizados concursos para o envio de projetos para serem selecionados. O aprovados para Doutorado, por exemplo, recebem € 980,00 mensais. As bolsas de estudo podem ser nacionais (para portugueses, pessoas com cidadania portuguesa, ou brasileiros com Estatuto de Igualdade de Direitos e Deveres), ou bolsas mistas (para portugueses e também estrangeiros).

Além da CAPES e da FCT, outros Institutos e Fundações oferecem bolsas de estudo em Portugal, são elas:

Veja aqui tudo sobre bolsas de estudos em Portugal, desde como procurar até o processo de candidaturas para estudar em Portugal de graça.

Quais as vantagens de estudar em Portugal

As vantagens de estudar em Portugal de graça – ou pagando – são muitas, por isso elencamos algumas para te ajudar nessa decisão:

  1. Amadurecimento: seja por seis meses, um ou dois anos, sua cabeça mudará. Você irá crescer e amadurecer muito rápido, não importa quantos anos você tenha, você mudará sua visão de mundo;
  2. Contato com pessoas de todo o mundo: você aprenderá a conviver com culturas diferentes e irá conhecer gente de todo o mundo. Você passará a comer todo o tipo de comida e ficará mais sociável;
  3. Curriculum vitae mais competitivo: quando voltar para o Brasil, terá aprendido muita coisa e seu curriculum vitae será um diferencial competitivo;
  4. Experiência de vida: você terá histórias para contar, aprenderá coisas novas, terá acesso a professores com visões de mundo diferentes, a livros que nunca leu, conhecerá museus e lugares que pareciam impossível e que agora estão ao seu alcance.

Melhores universidades de Portugal

Todos os anos, diversas universidades portuguesas são escolhidas entre as melhores do mundo. De acordo com a revista britânica Times Higher Education, o Instituto Super Técnico de Lisboa é a melhor instituição de ensino de Portugal. Confira abaixo a lista com as melhores universidades de Portugal:

  • Instituto Superior Técnico
  • Universidade de Aveiro
  • Universidade de Coimbra
  • Universidade Nova de Lisboa
  • Universidade do Porto
  • Universidade de Lisboa
  • Universidade do Minho

Veja também quais são as Universidades de Portugal que aceitam a nota do Enem como critério de admissão. Aproveite, estudar em Portugal de graça é uma oportunidade única que vai te fazer crescer pessoalmente e enriquecer seu currículo.

 

7 dicas para estudar e trabalhar na Europa

Quando estive no Brasil, em Julho passado, notei que o Brasil estava pior do que eu lia nos jornais. E, que não foi algo que se deteriorizou da noite para o dia.
Conheci alguns jovens com muito talento e com paixão por sua profissão, mas com desejo de partir do Brasil. Uma crise em todas as áreas de funcionamento de um país e sem perspectiva de melhora aprofunda esta vontade. E, ainda mais, um círculo vicioso de corrupção e roubo, mas faz.
Por isso, resolvi escrever este post e criar uma área no blog O Miau do Leão para tentar ajudar. Desde já, explico que não vou arranjar emprego para você, quem me dera! Eu vou tentar encontrar algumas oportunidades na Europa, o resto do trabalho é seu.
O que seria “o resto do trabalho” ? Bem, a primeira dica é para que invista em educação, e em obter conhecimento. Como deve imaginar, o dominar o inglês (falar e escrever) é o primeiro passo. Você já domina o inglês? Então, busque aprender outros idiomas como o francês e o espanhol, ou se você tem em mente um país que desejaria viver, então comece a aprender o idioma deste país desejado ainda no Brasil.
A segunda dica é a construção do seu curriculum vitae. Pesquise na intenet, os modelos de currículo para Europa. Geralmente, não ultrapassar duas folhas. Invista também em especialização em sua área de formação. Um alto nível de profissionalismo é muito importante.
Você tem filhos e preocuapa-se com a adaptação deles em novo país? Não se preocupe. As crianças adaptam-se e aprendem o idioma mais rápido que um adulto.
Quando a formação de uma pessoa é realizada em outro continente, o seu diploma deverá passar por um processo de equivalência em uma universidade do país que você deseja ir viver. E, esse caminho caberá a você descobrir. Com uma possibilidade de emprego, é muito possível que o seu empregador ajude neste caminho.
Os possíveis caminhos que eu venha a apresentar aqui no blog, caberá a você checá-lo. Como? Enviando um email com carta de apresentação e seu currículo, em inglês. Pesquise o site da empresa! Muitas empresas fazem a entrevista via Skype, por exemplo. Então, este dado de contato deverá ser informado.
Nunca vá viver para outro país sem a certeza de um emprego já ao sair do Brasil, pois você poderá correr um forte risco de passar imensas dificuldades, risco de deportação, e até mesmo vir a cair em redes de traficantes.

Para começar já com sugestões, a primeira dica que vou dar é para aqueles que ainda estão a fazer graduação, para aqueles que pretendem fazer pós-graduação e doutorado. Visitem a página do Projeto Erasmus, procure saber se a sua universidade participa deste projeto. Segue o site com informações: Erasmus Mundus Brasil.

A segunda dica diz respeito a plataforma Linkedin. Cada vez mais tem surgido oportunidades de emprego nesta plataforma.

A terceira dica diz respeito a uma outra plataforma de emprego que está em português e opera em 27 países. Chama-se Neuvoo.

A quarta dica é a plataforma Monster, que também abrange uma lista considerável de países.

A quinta dica é o site IrishJobs, da Irlanda, que permite buscar empregos através de agências de recrutamento ou direto com o empregador.

A sexta dica também diz respeito à Irlanda: Recruit Ireland.

A sétima dica de procura de emprego é para Portugal. O site é Alerta Emprego.

Espero que estas dicas venham a ajudar.

Até a próxima!
O Miau