Os balcões e escadarias de Valeta

Valeta, capital de Malta, foi mesmo uma cidade que nos impressionou pela positiva. Como eu disse no post anterior, já impressionou dentro do aeroporto quando está tudo muito organizado e definido quanto ao custo do táxi. Ao contrário de outras cidades da Europa em que se deve ter cuidado com os taxistas, lá tudo era muito transparente quanto a este assunto. O bus também funciona bem e ao comprar o bilhete para uma viagem, este vale por 2 horas (se não estou em erro), então para chegar a alguns lugares, é necessário tomar 2 linhas diferentes, mas não é preciso pagar outra vez, se estiver dentro do limite de tempo. O bilhete valerá para as duas linhas.

Caminhando sem pressa pelas ruas de Valeta começamos a observar uma característica muito própria de Malta, e sobretudo em Valeta, que são os seus balcões. Vocês devem ter notado no filme do post anterior. Há balcões (assim os chamei) de todos as dimensões e cores. Fiquei fascinada.

img_20180822_093330704

img_20180822_094110663_hdr

IMG_20180822_100119534.jpg

IMG_20180822_102837625_HDR.jpg

IMG_20180822_121301756_HDR.jpg

Outra característica própria de Malta, que nunca vi em outras cidades da Europa, é a altura dos degraus pelos passeios (calçadas) das ruas. E, pelo que descobri, os degraus foram feitos com pouca altura para facilitar o movimento dos cavaleiros com suas armaduras. Bem, para nós, turistas, também ajuda muito no subir e descer as ladeiras de Valeta.

IMG_20180822_171345220_HDR.jpg

Mais uma vez coloco aqui o filme para quem não viu no post anterior.

Até mais sobre Malta! 😉

Anúncios