Subindo o Atomium, Bélgica

Era o fim das férias escolares de Outono, que ocorrem no mês de Outubro. Era preciso aproveitar! Decidimos, mais uma vez, passear à volta do Atomium. Deixamos o carro num dos vários estacionamentos que há bem próximo e servem a várias instalações de diversão que há por perto.

O dia estava especialmente frio e ao invés de caminhar no parque, resolvemos conhecer o Atomium por dentro. Entrei na fila para comprar os 4 bilhetes. Atrás de mim estava um casal jovem de brasileiros que estava indeciso em qual bilhete comprar. É que é possível comprar o bilhete para visitar apenas o Atomium ou comprar bilhete com atrações combinadas 2 ou 3, que dá direito a visitar a Mini-Europa e o Océade com desconto. O casal pensava em comprar o bilhete para as 3 atrações, pois assim fica mais barato, mas chamei a atenção que o Océade é um parque aquático aberto. Bem, desistiram logo com aquele frio que se fazia. Ter atenção que há preços para crianças, adultos e idosos. O atendimento para compra de bilhete pode ser feito em inglês, francês e holandês. E, também pode ser comprado online. Para informações atualizadas ir ao site: http://atomium.be/

Para entrar no Atomium passa-se por uma fiscalização um pouco semelhante a que encontramos nos aeroportos. Em seguida, somos animadamente levados para tirar uma foto com o mascote do Atomium, depois você receberá uma senha com um número. No fim da visita sua foto estará exposta e um porta chaves também com a foto, mas não é obrigatório comprar. Ainda no térreo há uma loja para comprar souvenirs, chocolates e cervejas belgas.

O Atomium é composto por 9 esferas ligadas por tubos. E é sobre a história de sua construção a exposição permanente que encontrará ao subir alguns andares desta estrutura. A subida faz-se por escadas rolantes, mas há um trecho que tem mesmo que subir degraus a pé. Você também pode ir direto ao último andar do Atomium de elevador. Geralmente, há fila para ir de elevador, e é acompanhado por uma responsável que fala um pouco sobre o Atomium em inglês, francês e/ou holandês. Pode-se acompanhar toda a exposição através de áudio com a instalação de um aplicativo.

Esta estrutura tem 102 metros de altura e fica no Parc D’Osssegem. Foi inaugurado em 1958 em comemoração a Exposição Mundial em Bruxelas que contou com a participação do Brasil em um pavilhão. A escolha deste símbolo que representa um cristal de ferro foi em homenagem a importância da Bélgica na produção de aço.

Noutros andares encontrará outras atrações e exposições que são temporárias. Nós vimos uma exposição sobre o trabalho de René Magritte, artista surrealista belga. Algumas de suas principais pinturas estavam lá, sempre com seu característica ilusionista. Essa exposição estará no Atomium até Setembro de 2018.

No último andar alcançado pelo elevador têm-se uma fenomenal vista de toda a cidade. Ao subir mais uma curta escada encontra-se um restaurante panorâmico (Atomium Restaurant).

Vamos conhecer o interior do Atomium em fotos ?
IMG_20171105_165824944_HDR.jpg
IMG_20171105_140618075

IMG_20171105_140718130

IMG_20171105_140839124

IMG_20171105_141058446.jpg

IMG_20171105_141322802

IMG_20171105_141811722

IMG_20171105_141906653.jpg
Maquete do pavilhão do Brasil na EXPO 58 em Bruxelas
IMG_20171105_141954626
Foto do pavilhão do Brasil
IMG_20171105_142232774
Exposição Magritte

IMG_20171105_142317690.jpg

IMG_20171105_143223337

IMG_20171105_143330675.jpg

IMG_20171105_150415259_HDR.jpg
Vista da atração Mini-Europa
IMG_20171105_150930953_HDR.jpg
Vista ao redor do Atomium

IMG_20171105_150959161_HDR.jpg

IMG_20171105_151053685_HDR
Vista do centro de Bruxelas

IMG_20171105_151335605_HDR.jpg

IMG_20171105_151648433_HDR

IMG_20171105_151714738_HDR
Vista da central nuclear ao fundo

IMG_20171105_151800138_HDR.jpg

IMG_20171105_152315926_HDR.jpg
Chocolates belgas
IMG_20171105_152345537.jpg
Cervejas belgas

IMG_20171105_152425190

Tot ziens! 🙂