Baú Aberto 8

Sabor de Nordeste…

Se há algo que não pode faltar na vida alimentar de um nordestino é o queijo coalho.
Em Portugal não era difícil encontrá-lo, mas aqui na Bélgica flamenga, a tarefa não é fácil. Só encontrei num mercado luso brasileiro, em Bruxelas, que vende o queijo coalho em pequenas quantidades.

Então, como diz o provérbio popular “quem não tem cão, caça com gato”. Assim, na falta do autêntico queijo coalho do Nordeste do Brasil, vamos com o queijo Halloumi que é produzido no Chipre, e está sempre na prateleira do supermercado que frequento, bem pertinho de casa. Idêntico sabor, textura, apropriado para grelhar e ainda há a versão com ervas ou sem ervas.

Já não preciso mais cantar como o nordestino Fagner …”Quando penso em você / Fecho os olhos de saudade..

Vamos conhecê-lo?

queijo.jpg

 

 

 

Tot ziens! 😉