Comer em Budapeste

Estávamos num paraíso em matéria de culinária. Adoramos goulash, hambúrguer, sobremesas, limonada, cerveja, então estávamos no sítio perfeito, e com vantagem na moeda. Agora, com aquele calor que se fazia, o que mais bebi foi mesmo água com gás, e o que mais comi foi melancia e uvas. Lollll  Eu nunca fiz isso na vida de andar com uma garrafa de 1,5 litos de água e a passa-la na nuca, na testa, nos braços…..um desespero! Lolll A garrafa estava perto de ficar vazia, e ao invés de estar à procura de ponto turístico, eu estava à procura de um mercadinho para comprar mais água.

Enquanto estivemos lá, fizemos refeições em algumas hamburguerias bem classificadas no TripAdvisor, numa rua no centro com alguns angariadores, mas de preferência fujam deste tipo de restaurante, a experiência não costuma de ser das melhores, cedemos desta vez porque estávamos cansados de caminhar e com calor. Foi muito positiva a refeição que fizemos no Hard Rock Café Budapeste, e aproveitamos também para algumas compras em sua loja, e a melhor experiência em culinária foi mesmo ter ido ao restaurante típico Paprika, excelente comida e decoração.  Ainda voltaremos lá, se a vida permitir.

Fica com algumas imagens e com um vídeo de uma música super alto astral, que eu adorooo, e cujas as primeiras imagens são da cidade de Budapeste. Se você viu o post anterior sobre Budapeste, então vai reconhecer algumas fotos que tirei e aparecem no vídeo.

IMG_20170810_144421119
Goulash, adoro!
IMG_20170810_142705497.jpg
Sopa de Goulash
Untitled
Meus leõezinhos no restaurante típico Paprika
IMG_20170809_212510953
Sobremesa dos deuses

 

 

 

Budapeste foi super!

Até a próxima viagem, Londres!

Tot ziens! 😉