Uma praia na Holanda II

Aproveitando a onda de calor que se faz na Europa fui à praia na Holanda durante esta semana. Sendo que desta vez para o lado direito da praia que falei neste post (aqui).

Você, talvez, se pergunte o por quê de ir à praia na Holanda e não na Bélgica.

Algumas razões:

– a cidade que vivo tem como “quintal” a Holanda.
– As praias belgas acessíveis, infelizmente, os prédios chegam até a costa, e as praias holandesas não. É bem verdade que apesar dos prédios tão próximos, o trânsito vai até uma quasra atŕas, mais ou menos.
– Para chegar numa praia belga enfrentamos mais tráfego do que para uma praia holandesa.
– Estcionamento pago mais organizado e com mais vagas na Holanda.

Vamos ver mais um filme da praia Groede Strand (mais à Norte), em BreskensHolanda.

Até ao próximo post! 😉

Anúncios

Uma praia na Holanda

O dia seguinte ao passeio (domingo), em Durbuy, fez-se também um lindo dia com expectativa de 30ºC. Olhamos um para o outro: ficar em casa? Nem pensar! É verão! 🙂

Decidimos ir à praia. A mais viável e próxima para um lindo domingo era na Holanda. Seguimos em direção à praia de Groede Strand, a 1h e 10 min de casa.

A Holanda é um país ao qual gosto muito de ir. Eles são muito bons em engenharia civil. Estradas que mais parecem um tapete e bem sinalizadas. Quase perfeitas vias para ciclismo até à praia. Áreas que foram drenadas e que fizeram surgir novas terras para plantio e para viver. Utilização de energia limpa.

A urbanização não chega próximo à praia. Muitas pessoas utilizam a bicicleta para curtir a praia. Por isso há estacionamentos para carros (pagos) e estacionamentos gratuitos para bicicleta.

Há uma proteção em areia e plantas, que ultrapassamos através de uma escadaria, em seguida encontramos uma pista de bicicleta e só depois chegamos à praia.

IMG_20180715_132518538.jpg

IMG_20180715_132820118.jpg

Logo à entrada há um quadro com todas as informações do tempo, mar e qualidade da água. Ao lado uma casa dos salva-vidas e mais à frente um restaurante. No areal há um parque para crianças e várias casinhas que imagino que sejam alugadas.Os salva vidas eram bem atuantes com moto náutica. O sorvete chega num pequeno carro. No mar estavam alguns barcos à vela, e também era passagem de vários navios de mercadorias.

IMG_20180715_181735516.jpg

IMG_20180715_165412452.jpg

IMG_20180715_154730937.jpg

A água estava na temperatura ideal para minha grande surpresa que imaginava estar bem fria. A tonalidade da água lembrou-me as praias do Norte de Pernambuco. Foi o meu primeiro mergulho no mar do Norte. E voltaremos!

IMG_20180715_175833240_BURST000_COVER_TOP.jpg

Conheça esta praia holandesa em fotos e filme que fiz. Vem comigo! Espero que gostem. 😉

😉

Mais uma vez no Efteling, Holanda

O dia das mães é comemorado no Brasil e na Bélgica no 2º domingo de Maio.  Para mim, a comemoração foi na véspera com muita adrenalina no Parque Efteling, em Waalwijk – Holanda. Sendo assim, cumprimos o que havíamos planejado, mas que foi interrompido pela mudança do tempo.

Eu já falei deste parque que é o melhor da BENELUX há um ano atrás. E você poder rever o texto e fotos aqui.

Desta vez, fiz apenas um filme. Espero que gostem! 😉

Até ao próximo post! 😉

Uma tarde a caminhar entre a natureza na Holanda

Quando escrevo sobre os meus passeios, viagens e visitas, tenho a intenção de inspirar, de trocar, de mostrar, de dar a conhecer…, e para mim funciona como uma terapia, no sentido de buscar conhecimento, de ocupar a mente, de fazer novas amizades, de registrar fatos da nossa vida,… E há sempre algo novo dentro do mesmo tema!

Ao escrever este post foi a essa conclusão que cheguei. Estes últimos dias estive em dois lugares que já estive antes, um deles já perdi a conta (Antuérpia). É impressionante como sempre há algo a se observar, a se descobrir, a se informar.

Nas quartas-feiras à tarde não há aulas na Bélgica (outros países europeus também), e esta veio na véspera de um feriado que por sua vez foi feita uma “ponte” com o fim de semana. A tarde estava bonita e quente. Não dá para resistir. 😊 E, assim fomos para Holanda, mais precisamente ao parque nacional De Loonse en Drunense Duinen, pela segunda vez na vida.

A primeira vez foi a cerca de um ano atrás, e eu falei (aqui). Naquele momento chegamos mais cedo, alugamos as bicicletas e fizemos a trilha destinada a elas. Ontem, já chegamos muito perto do término de funcionamento (18hs) da loja e restaurante; e assim fazia mais sentido fazer algum trecho da trilha à pé. Uma experiência diferente, que produziu novas imagens, novas recordações e sensações.

Pela sombra havia alguns mosquitos, mas nada que impedisse a diversão. Foram muitas fotos pessoais, mas não esqueci de vocês, meus amigos virtuais, e a seguir vem mais algumas imagens, e o primeiro filme que fiz deste parque natural. No post do ano passado, como tudo era novidade, e eu estava a pedalar, então não me foi possível filmar.

Depois do parque fomos para o hotel, e a seguir fomos jantar ao Eetcafé Kandinsky e caminhar um pouco em Waalwijk, Holanda. Como é de costume do blog vou mostrar os pratos. Como gosto de culinária sempre é uma inspiração para que eu tente repetir em casa, e espero que o mesmo aconteça convosco. Eu fui de hambúrguer com 2 tipos de queijos, batatas fritas de milho e acompanhei com cerveja trapista com leve sabor à caramelo. Os filhos foram de carne de porco super macia com molho saté, que eu pedi para provar aquele delicioso molho à base de amendoim. As sobremesas foram uma rabanada com sorvete de baunilha e speculoos em farofa; e a outra foi oreo com chocolate e sorvete de limão.

À seguir fomos para o hotel com a intenção de no dia seguinte ir ao parque Efteling, mas o clima mudou completamente, coisas desta região temperamental. 😊 Mudamos os planos e fomos caminhar pelas ruas centrais de Antuérpia, mas isso ficará para o próximo post. 😊 O parque ficará para breve.

IMG_20180509_164310413_HDR.jpg
IMG_20180509_164414943.jpg

IMG_20180509_165254885_HDR.jpg
IMG_20180509_170053837_HDR.jpg
IMG_20180509_171028221.jpg

 

IMG_20180509_172251443.jpg
Encontrei essa gracinha e não resisti 🙂

O vídeo que está no canal O Miau do Leão:

Até a continuação deste post! 🙂

 

Bolsas de Mestrado – Holanda

A Universidade de Ciências Aplicadas de Haia abriu inscrições para o programa de bolsas World Citizen Talent, que concede apoio financeiro a estudantes que sejam cidadãos globais. A instituição localizada na Holanda recebe candidaturas até 31 de março.

Serão três bolsas concedidas a estudantes do mundo todo que tenham interesse em um dos programas de mestrado da universidade.

Mais informações em: https://www.estudarfora.org.br/universidade-haia-cidadaos-globais/?utm_source=PortalEF&utm_medium=PushEF

Tot ziens! 🙂

 

Um vídeo de profunda poesia

Ontem foi comemorado na Bélgica flamenga e Holanda, o dia da poesia. Todos os anos é comemorado na terceira quinta-feira de Janeiro. Eu escrevi sobre isto ontem aqui.
Eu vi, ontem, este divertido vídeo da tv belga één, e tentei traduzir para que percebam a cena. Eu ri bastante ou será que deveria chorar?! 

O diálogo:

Os rapazes fazem o trabalho de casa que eu gostaria de ver, diz o senhor.
Nós estamos fazendo algo pela poesia, diz um dos jovens (camisa amarela).
– Poesia? Hum… isso dá-me muito prazer, diz o senhor.
O menino diz: – isso é estúpido
O senhor pergunta: – O que é estúpido?
– Isso não é nada estúpido, diz o senhor. O senhor motiva-os: Estive ocupado com poesia por anos. É um enriquecimento tão grande, meninos. Isso é um enriquecimento da alma, do espírito, do sentimento. É crescimento, tornar-se adulto… Como vocês está preso? Onde você está preso? O que tem você já?
– O menino diz: O céu é azul.
O senhor diz: – Sim…O céu é azul, isso é bom rapaz. O céu é azul. Bonito…
– O senhor pergunta ao outro menino : E você, rapaz? Deve você também fazer poesia?
– E o outro menino responde: sim, senhor.
O senhor diz: Ah, isso é bonito, rapaz. E você pensa que muito bem pode… Humm? Você é um pequeno artista? O que você já escreveu?
– Flores separam a relva no jardim, diz o mais novo.
– O senhor diz que é fantástico, isso prova você bem. Flores separam a relva no jardim, isso é magnifico. Eu interrompi você, vá em frente, rapaz.
– O menino continua: Flores separam a relva no jardim, o xixi é amarelo e o cocó é castanho.
Fim

Tot ziens! 🙂

Dia da Poesia na Bélgica, 2018

Hoje é mais um dia da poesia na Bélgica (flamenga) e Holanda. Desde 2000, a última quinta-feira de janeiro é para apreciar, escrever e homenagear a poesia. Bibliotecas e escolas fazem defesa à poesia.

Minha prenda para a poesia no seu dia, é relembrar a poesia que fiz para meus filhos em holandês. Não é nada fácil rimar em holandês. Temos sorte por ter nascido sobre o manto de uma língua latina, é bem mais fácil em português. 😊

Mijn zoontjes (Meus filhinhos)

Ik ben een moeder    Eu sou uma mãe
ik heb twee vogeltjes    Eu tenho dois passarinhos
zij eten graag chocoladepoeder    Eles gostam de comer chocolate em pó
zij zijn ook uiltjes.    Eles são também corujinhas.

Zij openen zijn oogjes    Eles abrem seus olhinhos
het is nog donker en koud     É ainda escuro e frio
maar het lijkt als regenboogies    Mais parece como arco-íris
zij kosten meer dan goud.    Eles valem mais que ouro.

Zij zijn kampioenen    Eles são campeões
zij schaken    Jogam xadrez
met veel visioenen    Com muitas visões
hun spel maken.    O jogo deles fazem.

Zij hebben enkele bekers    Eles têm algumas taças
zijn leus is melden    Seu lema é participar
wij zullen proberen    Nós vamos tentar
zij zijn mijn helden.    Eles são meus hérois.

SiL

http://www.poezieweek.com/

http://www.poeziecentrum.be/