Guardiões da Vida, o curta

O Oscar 2020 revelou 2 grandes vencedores, o filme coreano Parasita (que já falei aqui no blog) e o ator americano Joaquin Phoenix no filme Joker.

Phoenix é um ser humano vitorioso. Poucos possuem a coragem de utilizar a sua fama por causas sociais ou de ir preso por manifestar a sua preocupação pela natureza. Alertar sobre a ganância cega por lucros que faz esquecer os que virão depois de nós e que destrói sem qualquer respeito a nossa única casa e todos que nela habita, a Terra.

O ator com sua preocupação pelos efeitos da indústria de carnes e laticínios deu mais uma contribuição participando de uma curta metragem produzida por organizações não-governamentais (ONG), ‘Amazon Watch’ e ‘Extinction Rebellion’,para destacar o papel dos indígenas na proteção da floresta Amazónia. Assim é Guardiões da Vida (Guardians of Life) em 3min e 34seg.

Até ao próximo post! 😉

Parasita, o filme

Parasita (Parasite) foi outro filme que vi durante as férias de fim de ano: FANTÁSTICO!

Eu tenho visto alguns trechos de filmes da Coreia do Sul, e o cinema deles é surpreendente. Há muito cuidado com a fotografia, com a trilha sonora e com um enredo bem elaborado. Então, a expectativa era grande para este filme, e foi confirmada pela positiva.

Parasita mostra o diferente mundo entre duas famílias de quatro pessoas, que acabam por se relacionarem. Uma tremenda desigualdade social entre elas, que revela a verdade sobre a sociedade coreana e, evidentemente, existe igual situação em outros países. Eu não vou revelar nada mais sobre o enredo do filme. Se o desenvolvimento dele surpreende, então não imagina o seu final. Nem tudo que parece é. Esteja sempre atento!

A principal cpnclusão que tirei é que o capitalismo falhou. Com isso, por favor, não quero defender outras formas de regime conhecida, mas apenas a constatar a verdade sobre este regime. Uma verdade que é como um parasita difícil de exterminar em nossa existência, e que, simplesmente, nos acostumamos em carregá-lo. É preciso RESPEITO pela vida do outro. Você entenderá, caso assista ao filme.

Vamos ver o trailer do primeiro filme da Coreia do Sul que venceu a Palma de Ouro em Cannes e que está indicado ao Oscar 2020. Todos os louvores ao Bong Joon Ho, que merece o prêmio de melhor diretor do Oscar 2020. O filme concorre ainda em mais três categorias.

Até ao próximos post! 😉