Caril de lentilhas

Esse é o quinto prato com lentilhas que trago ao Blog. Já deu para ver que gosto imenso dessa leguminosa poderosa. Realmente, eu não resisto em experimentar confeccionar receitas com ela. E assim, vou registrando e compartilhando com vocês esses momentos.
Foi mais uma receita de um supermercado português, mas eu sempre faço pequenas adaptações, e claro, coloco o meu ingrediente secreto, amor.

Caril de lentilhas (receita original para 4 pessoas)

200 g lentilhas verdes (usei a vermelha/rosa)
2 c. sopa óleo de coco
1 cebola picada
4 dentes de alho picado
2 c. sopa gengibre picado
1 c. sopa caril em pó
200 ml leite de coco
½ pimento verde em puré
1 emb. tomate em pedaços em conserva
1 c. sobremesa sal
1 molho de coentros (usei salsa)350 g arroz Basmati 

1.Coloque as lentilhas de molho durante 30 minutos.

2. Aqueça o óleo de coco num tacho, junte-lhe a cebola, o alho e o gengibre e deixe cozinhar em lume brando 3 minutos.

3. Junte o caril e misture. Adicione as lentilhas, o leite de coco, o pimento verde triturado em puré e o tomate.

4. Tempere com o sal e deixe cozinhar em lume brando cerca de 15 minutos.

5. Sirva com os coentros (ou salsa) picados e o arroz basmati (e/ou pão nan).

Até ao próximo post!

Nhoque com abóbora e espinafre


Eu sou fã de nhoque, mas sempre o tenho feito na forma tradicional do acompanhamento com molhos. Então, quando vi essa sugestão do Recipe Tin Eats com abóbora e espinafre, e em que essas bolinhas após cozidas passam pela frigideira com manteiga, não resisti. O resultado foi um prato saboroso e alegre aos olhos.

Pan fried gnocchi with pumpkin & spinach (nome original da receita)
500g abóbora 
350g nhoque
45g manteiga 
1 colher sopa de azeite
80g espinafre
1 dente de alho esmigalhado 
½ colher de sopa de sálvia picada
Sal e pimenta a gosto
Queijo parmesão a gosto

  • Cortar a abóbora em cubos, colocar sal e pimenta.  Levar a 200°C por 35 min no forno, aproximadamente.
  • Cozinhar o nhoque.
  • Retirar uma chávena de água do cozimento. 
  • Passar os nhoques na frigideira com manteiga até dourarem.
  • Adicionar alho e sálvia. Adicionar a água reservada do cozimento.
  • Juntar na frigideira a abóbora, espinafre, colocando um pouco de água.  
  • Sal e pimenta a gosto.

Até ao próximo post!

Gratinado mexicano com tomate

Eu tenho esse livro já faz anos, e a cada vez que o abro, uma interessante receita vegetariana salta aos olhos e abre o apetite. O Livro Essencial da Cozinha Vegetariana traz receitas que vão dos petiscos aos pratos principais, sem esquecer as sobremesas. 

Desta vez, trago esse gratinado para 4 ou 6 porções com tempo de preparação e cozedura de 55 minutos (pág. 158).

2 colheres de sopa de óleo
2 cebolas vermelhas, picadas
2 dentes de alho, esmagados
6 tomates maduros, sem pele, picados
1 pimento verde, sem sementes, picado
1 colher de sopa de vinagre de vinho tinto
1 colher de chá de açúcar 
½ colher de chá de malagueta em pó (usei pimenta preta)
375 g de milho em lata escorrido
125 g de triângulos de milho
155 g de queijo Cheddar ralado
250 g de sour cream (bati natas com gotas de limão)

  1. Aqueça o forno a 160°C. Num tacho aqueça o óleo, junte a cebola e o alho e cozinhe em lume médio 3 minutos. Acrescente o tomate, pimento, vinagre, açucar e malagueta. Cozinhe, destapado, durante 6-7 minutos ou até os tomates ficarem macios e o líquido evaporar. Misture o milho e cozinhe mais 3 minutos.
  2. Num prato redondo de ir ao forno, faça camadas com o milho, molho e queijo, terminando com uma camada de queijo.
  3. Espalhe por cima o sour cream e leve ao forno, destapado, 15 minutos. Salpique com cebolinho picado.

Até ao próximo post!

Linguine com couve flor, presunto de Parma e ervilhas

Eu vi esta receita sendo feita num programa de culinária na televisão belga. Eu confesso que não sou fã de couve flor, mas a garra do chef convenceu-me a tentar esta receita. Fui às compras, e o resultado foi esse…

Para 4 pessoas:

1 couve flor pequena 
1 cubo caldo de legumes 
1 chalota
1 dente de alho
2 colheres de sopa de manteiga
100 ml de leite
1 pitada de noz moscada
100g de presunto de Parma
400g de linguine
200g de ervilhas congeladas
Queijo parmesão q.b.
Pimenta e sal q.b.

  • Numa panela para cozer a couve flor coloque o caldo de legumes e um pouco de sal. A couve flor deve estar em pedaços.
  • Colocar o presunto numa frigideira para torná-lo crocante.
  • Num mixer colocar a couve flor cozida, o alho, a chalota, o leite, manteiga, noz moscada, pimenta e sal se necessário ao provar. Raspar um pouco de queijo parmesão.
  • Cozer a pasta junto com as ervilhas.
  • Picar o presunto de Parma que já está crocante.
  • No prato de servir colocar o molho de couve flor, por cima a pasta com ervilhas, parmesão ralado, um fio de azeite e no topo o presunto.

Até ao próximo post!

Bolonhesa de lentilhas

A culinária faz-me viajar sob diversas formas. O mundo dos sabores é capaz de levar ao conhecimento de outras culturas, navegar por outros idiomas e sotaques que não o materno, recordar histórias antigas, aprender sobre nutrição, etc. Esta bolonhesa de lentilhas vegan fui buscá-la no website de um supermercado português, logo recordei a passagem bíiblica entre Jacó e Esaú, e aprendi que a lentilha é uma leguminosa rica em lítio (Li), um mineral utilizado nos medicamentos para estabilizar o humor, além de ser rica em outros minerais. Aprovadíssima em casa, espero que gostem.

Ingredientes para 4 pessoas:

250 g lentilhas verdes secas 
1 c. de chá sal
500 g massa penne integral 
50 g azeite 
1 cebola
3 dentes de alho
2 folhas de louro
200 ml polpa de tomate natural
60 g cogumelos frescos laminados 
1 c. de chá pimentão-doce em pó
½ c. de chá pimenta-de-caiena em pó
½ c. de chá orégãos secos
100 g folhas de espinafres 
qb orégãos frescos picados 

Preaparação:

1. Comece por demolhar as lentilhas, colocando-as em água abundante durante a noite ou por 6 horas. Eu utilizei a lentilha em lata.

2. Uma vez demolhadas, coza as lentilhas num tacho (panela) com o dobro da água por 10 a 15 minutos (não coza demais). Quando estiverem quase cozidas adicione metade do sal. Escorra a água das lentilhas e reserve-as.

3. Num outro tacho (panela), coza a massa com água temperada com o restante sal, segundo as instruções da embalagem.

4. Num wok, junte o azeite com a cebola e o alho descascados e picados, e as folhas de louro. Deixe saltear e adicione a polpa de tomate. Deixe cozinhar por 4 minutos e de seguida acrescente os cogumelos laminados e deixe cozinhar por mais 4 minutos.

5. Junte ao wok as lentilhas e as especiarias e mexa. Prove e rectifique os temperos. Adicione um pouco de água se achar necessário e deixe apurar por 5 minutos.

6. Por fim, corte os espinafres grosseiramente, junte-os ao preparado e apague o lume. O calor irá cozinhar os espinafres.

7. Sirva a massa numa taça e adicione, por cima, a bolonhesa de lentilhas. Polvilhe com os orégãos frescos.

Até ao próximo post!