Glória, a série

Estava curiosa em assistir a primeira série portuguesa para a  Netflix, e o resultado foi positivo.

Uma série de espionagem que acontece em Glória, na região do Ribatejo, e passa-se no período do Estado Novo de Salazar. A trama envolve PIDE (Polícia Internacional e de Defesa do Estado), KGB,, CIA, Guerra Colonial, e claro, alguns romances.

O personagem principal é João Vidal, de origem abastada, o engenheiro após lutar na Guerra Colonial torna-se um agente da KGB, uma espécie de James Bond português, mas “comunista”. O fim da série é surpreendente. 

A

Até ao próximo post!

O Gambito da Dama, a série

(Sem spoiler) O Gambito da Dama (The Queen’s Gambit) é uma série com 7 episódios, e que foi baseada no romance de Walter Tevis, o mesmo autor de O Homem que Caiu na Terra, também adaptado para o cinema. Eu “engoli” rapidamente os episódios acompanhada dos filhos, e juntos, foi possível rever um mundo que já esteve presente em nossas vidas.

O xadrez é o tema central, no período da Guerra Fria, entre os anos 50 e 60, e numa época que os homens dominavam o xadrez. Surge uma jovem orfã com um enorme talento, mas com uma vida regada de problemas que vão desde a morte da mãe, passagem por orfanato, alcoolismo, dependência de medicamentos, boas e más influências de amigos, etc.

Algo que nos chamou a atenção é que os personagens pareciam ser, em certa medida, a representação de grandes mestres do xadrez. Por exemplo, a jovem talentosa Elisabeth Harmon (interpretada pela igualmente talentosa Anya Taylor-Joy) seria inspirada no Bobby Fischer, grande mestre de xadrez americano. Chegamos a essa conclusão devido o título da série e o comportamento da personagem principal. O gambito da dama seria a abertura preferida de Fischer, mas Harmon gostava da abertura siciliana.

Vale a pena conferir o trailer da série…

Até ao próximo post!