Tirana, vista das alturas

Após visitar o Bunk’ Art 2 seguimos até ao terminal de bus próximo à praça Skanderbeg e pegamos um bus para a nossa última aventura em terras albanesas, o Teleferiku Dajti Express.

O bus custou 305 leks por pessoa. A forma de cobrança do bilhete foi uma total novidade para nós. Um senhor vestido à paisana vai caminhando dentro do bus, em movimento, e cobrando o bilhete.

Eu estava muito atenta em todo o trajeto. Observei alguns senhores a jogarem xadrez numa praça da capital, muitos pequenos comércios, chamando-me mais atenção aos pequenos comércios de venda de material para panificação. A limpeza das ruas também foi um ponto positivo que observei. Em nenhum momento senti insegurança.

Ao chegar um pouco antes do Bunk’Art 1 tivemos que trocar de bus, mas o tal cobrador teve muito cuidado com os poucos turistas, e através de mímica fez sinal para entrarmos no outro bus.

Descemos após o Bunk’Art 1 e subimos por uma ladeira até chegar ao teleférico. O percurso do teleférico é longo (ver o filme). No fim do percurso há uma completa infraestrutura que inclui hotel, restaurante, bar, parque, mini-golf e outras atividades. Almoçamos no restaurante que apesar de ter um serviço um pouco desorganizado, valeu a pena pelo sabor dos pratos e pela incrível vista panorâmica sobre Tirana.

Vem comigo ver o vídeo que fiz, mostrando um pouco do longo percurso do teleférico, imagens da infraestrutura e a vista de Tirana a partir de uma de suas montanhas.

Até ao próximo post! 😉