Caril de lentilhas

Esse é o quinto prato com lentilhas que trago ao Blog. Já deu para ver que gosto imenso dessa leguminosa poderosa. Realmente, eu não resisto em experimentar confeccionar receitas com ela. E assim, vou registrando e compartilhando com vocês esses momentos.
Foi mais uma receita de um supermercado português, mas eu sempre faço pequenas adaptações, e claro, coloco o meu ingrediente secreto, amor.

Caril de lentilhas (receita original para 4 pessoas)

200 g lentilhas verdes (usei a vermelha/rosa)
2 c. sopa óleo de coco
1 cebola picada
4 dentes de alho picado
2 c. sopa gengibre picado
1 c. sopa caril em pó
200 ml leite de coco
½ pimento verde em puré
1 emb. tomate em pedaços em conserva
1 c. sobremesa sal
1 molho de coentros (usei salsa)350 g arroz Basmati 

1.Coloque as lentilhas de molho durante 30 minutos.

2. Aqueça o óleo de coco num tacho, junte-lhe a cebola, o alho e o gengibre e deixe cozinhar em lume brando 3 minutos.

3. Junte o caril e misture. Adicione as lentilhas, o leite de coco, o pimento verde triturado em puré e o tomate.

4. Tempere com o sal e deixe cozinhar em lume brando cerca de 15 minutos.

5. Sirva com os coentros (ou salsa) picados e o arroz basmati (e/ou pão nan).

Até ao próximo post!

Nhoque com abóbora e espinafre


Eu sou fã de nhoque, mas sempre o tenho feito na forma tradicional do acompanhamento com molhos. Então, quando vi essa sugestão do Recipe Tin Eats com abóbora e espinafre, e em que essas bolinhas após cozidas passam pela frigideira com manteiga, não resisti. O resultado foi um prato saboroso e alegre aos olhos.

Pan fried gnocchi with pumpkin & spinach (nome original da receita)
500g abóbora 
350g nhoque
45g manteiga 
1 colher sopa de azeite
80g espinafre
1 dente de alho esmigalhado 
½ colher de sopa de sálvia picada
Sal e pimenta a gosto
Queijo parmesão a gosto

  • Cortar a abóbora em cubos, colocar sal e pimenta.  Levar a 200°C por 35 min no forno, aproximadamente.
  • Cozinhar o nhoque.
  • Retirar uma chávena de água do cozimento. 
  • Passar os nhoques na frigideira com manteiga até dourarem.
  • Adicionar alho e sálvia. Adicionar a água reservada do cozimento.
  • Juntar na frigideira a abóbora, espinafre, colocando um pouco de água.  
  • Sal e pimenta a gosto.

Até ao próximo post!

Gratinado mexicano com tomate

Eu tenho esse livro já faz anos, e a cada vez que o abro, uma interessante receita vegetariana salta aos olhos e abre o apetite. O Livro Essencial da Cozinha Vegetariana traz receitas que vão dos petiscos aos pratos principais, sem esquecer as sobremesas. 

Desta vez, trago esse gratinado para 4 ou 6 porções com tempo de preparação e cozedura de 55 minutos (pág. 158).

2 colheres de sopa de óleo
2 cebolas vermelhas, picadas
2 dentes de alho, esmagados
6 tomates maduros, sem pele, picados
1 pimento verde, sem sementes, picado
1 colher de sopa de vinagre de vinho tinto
1 colher de chá de açúcar 
½ colher de chá de malagueta em pó (usei pimenta preta)
375 g de milho em lata escorrido
125 g de triângulos de milho
155 g de queijo Cheddar ralado
250 g de sour cream (bati natas com gotas de limão)

  1. Aqueça o forno a 160°C. Num tacho aqueça o óleo, junte a cebola e o alho e cozinhe em lume médio 3 minutos. Acrescente o tomate, pimento, vinagre, açucar e malagueta. Cozinhe, destapado, durante 6-7 minutos ou até os tomates ficarem macios e o líquido evaporar. Misture o milho e cozinhe mais 3 minutos.
  2. Num prato redondo de ir ao forno, faça camadas com o milho, molho e queijo, terminando com uma camada de queijo.
  3. Espalhe por cima o sour cream e leve ao forno, destapado, 15 minutos. Salpique com cebolinho picado.

Até ao próximo post!

Hamburguer de Tofu

Aqui vai mais uma receita saudável, e supreendentemente rica em sabor.

IMG_20191204_183811529

  • 1 xícara de tofu firme drenado
  • ½ xícara de cenoura ralada bem fina
  • 3 colheres (sopa) de cebola picadinha
  • ½ xícara de farinha de rosca ou pão ralado
  • 4 colheres (sopa) de amido de milho
  • Sal e pimenta a gosto
  • Orégano
  • Óleo para fritar (usei azeite e manteiga)

Junte todos os ingredientes em uma tigela. Sove por 3 minutos, ou o suficiente para ligar os ingredientes da massa.

Prove a quantidade de sal e ajuste se for necessário. Divida a massa em 4 porções, faça uma bola com cada uma e achate-as, moldando os hambúrgueres. Acerte as bordas para que fique bem certinho. Aqueça o óleo em uma frigideira.

Assim que estiver bem quente, frite os hambúrgueres dos 2 lados para que fique bem dourados e crocantes. Escorra sobre papel absorvente. Sirva quente.

Dicas:
– Varie os sabores, substituindo a cenoura por pimentão, abobrinha, cogumelos, azeitonas.
– Você também pode variar os temperos

Para drenar o tofu, jogue fora a água da conserva que vem na embalagem. Coloque o tofu sobre um pano seco e limpo. Feche-o “dentro” do pano e, para tirar o máximo de água, aperte-o algumas vezes (fazendo assim com que a água escorra para fora do pano). Pronto! O tofu está drenado e pronto para ser servido.
Bom apetite e até ao próximo post !;)

 

Caril de espinafres e tofu

Lá vem mais um caril. 😊 Só que agora com um ingrediente especial, o tofu. Uma mistura de Índia e China, saborosa e nutritiva. Tenho pesquisado sobre alternativas ao consumo da carne, e assim ajudar na diminuição da pegada ecológica. Foi assim que descobri esta receita na internet.

200g de tofu
800g espinafres (usei 500g)
1 cebola
2 tomates
125ml natas (com leite de côco é especial)
1 colher (chá) garam masala
1 colher (chá) cominhos em pó
1 colher (chá) açafrão das índias
A gosto óleo vegetal

Refogue a cebola no óleo e frite ligeiramente. Pique o espinafre grosseiramente. Entretanto, junte as especiarias ao refogado, para ativar os aromas. Tempere com flor de sal e junte os tomates cortados em cubos e os espinafres. Mexa bem. Assim que o espinafre desaparecer, esmague-o e junte as natas ou leite côco.

Se ficar espesso, juntar 100ml de água ou caldo de legumes.

Corte o tofu em cubos e junte ao molho de caril. Deixe cozinhar por 15 minutos. Sirva com arroz basmati ou pão nan.

IMG_20190214_185221166.jpg
Até ao próximo post! 😉

Caril de grão de bico

Você que está chegando agora ao blog pode estranhar a “salada” de assuntos que o blog tem. 🙂 Passo a explicar que os temas fazem partem das minhas observações diárias dentro do espaço que vivo e das viagens que faço. Viagens que podem ir muito além de um movimento físico com partida e destino.

E, continuando, a minha última receita no blog foi uma sobremesa (gallete de mirtilo e maçã) que fiz, e que acompanhou o prato principal, o caril de grão de bico. Esta receita vem no livro essecial da cozinha vegetariana (p.134) e trago-a agora:

Ingredientes:

2 cebolas
4 dentes de alho
1 colher de sopa de óleo ou ghee (uso manteiga com sal)
1 colher de chá de pó de malagueta (não usei)
1 colher de chá de sal
1 colher de chá de açafrão
1 colher de chá de pimentão
1 colhar de sopa de cominho moído (amo essa especiaria)
1 colher de sopa de coentros moídos
2 x 440g de grão de bico em lata, escorrido
440g de tomates em lata
1 colher de chá de garam massala (amo também essa especiaria 🙂 )

Num tacho médio aqueça o ghee ou o óleo e junte a cebola e o alho picado e cozinhe, mexendo em lume médio até ficar macio.

Junte o pó de malagueta, o sal, o açafrão, o pimentão, o cominho e os coentros. Mexa ao lume durante 1 minuto.

Junte o grão de bico e os tomates por escorrer, mexa até estar tudo bem misturado. Deixe cozinhar, tapado, em lume brando durante 20 minutos, mexendo de vez em quando. Junte garam masala. Cozinhe, tapado, durante mais 10 minutos.

Acompanhar com pão nan ou arroz basmati.

IMG_20190128_185930152.jpg

Até ao próximo post ! 😉