Caminhar no bosque

Fizemos o nosso segundo percurso usando o aplicativo Wikiloc. Optamos, mais uma vez, por uma terrinha próxima da cidade que vivemos. O primeiro percurso foi em Waasmunster. Este segundo foi em Stekene.

IMG_20190722_133711435.jpg
Stropersbos

O percurso foi de 10 km. Começamos às 11:40hs e terminamos às 15hs. Paramos várias vezes para descansar, tirar fotos e filmar. O aplicativo desconta esses momentos que paramos, e dá-nos o tempo real de caminhada.

IMG_20190722_124910490

Escolhemos uma grande área verde chamada Stropersbos, em Stekene. Um percurso com muita sombra para um dia que chegou aos 29°C. Passamos por pequenas pontes, vimos um veado jovem, passamos por um milharal e por uma simpática capela chamada Trompkapel.

IMG_20190722_140541666_HDR.jpg

Vamos ver algumas cenas em vídeo…

 

Até ao próximo post! 😉

1ª Preparação para o Grande Desafio

Estamos nos preparando para o grande desafio a pé Kungsleden, a trilha do rei na Suécia. Com cerca de 440 km, entre Abisko (Norte da Suécia) e Hemavan, na maior reserva protegida da Europa. Calma! Não vamos fazê-la toda. :))

Panoramic_view_from_the_Sälka_hut_on_the_Kungsleden_trail
Desafio Kungsleden, Suécia

Para isso, pretendemos fazer uma série de treinamentos e optámos por utilizar a app Wikiloc, que é especial para descobrir e partilhar as melhores trilhas ao ar livre a pé, de bicicleta e muitas outras atividades. Há trilhas em todo o mundo!
Daí, escolhemos a primeira trilha que fizemos: Waasmunster-Sombeke. Esta trilha fica a cerca de 15 min de carro de Sint-Niklaas, onde moramos. Foram 13,58 Km, que iniciámos por volta das 10hs da manhã e terminámos em torno das 16hs. A trilha tem 30 m de ganho de elevação com nível de dificuldade fácil.
Foi um dia super agradável, num dia de bom tempo e algo que adoro fazer que é caminhar pela natureza. Podemos observar pequenos detalhes da natureza que nos escapa durante o dia a dia e conversar bastante. Apreciamos lindas borboletas, o canto de aves, flores, animais, frutos silvestres, diversos tipos de plantio e a calma de um riacho.
Passamos pelo castelo Blauwendael com seu jardim de entrada livre. Seguimos pela igreja de Waasmunster e abadia de Roosenberglaan, entrando na trilha através de bosques e riachos até a estrada nacional E17. Atravessamos a aldeia passando por uma capela particular e por algumas tavernas locais onde servem as melhores cervejas da Bélgica. Passamos por um extenso milharal com um milho doce para minha surpresa.
app Wikiloc foi extremamente útil, pois permitia sabermos a nossa real localização, o nosso nível de velocidade, a distância restante, calorias perdidas, e principalmente dava um aviso sonoro se estivéssemos a seguir a rota errada.
O 1º desafio para realizarmos o grande desafio foi concluído com sucesso.
Vem comigo ver como foi este dia! 🙂

IMG_20170902_111108531_HDR.jpg
IMG_20170902_111008763_HDR.jpg
IMG_20170902_111743263.jpg
IMG_20170902_113052586.jpg
IMG_20170902_113720903.jpg
download_20170903_174246.jpg
download_20170903_174244
IMG_20170902_113847869.jpg
IMG_20170902_114457763.jpg
IMG_20170902_115741627_HDR.jpg
IMG_20170902_120645513.jpg
IMG_20170902_121808872_HDR.jpg
IMG_20170902_124304114.jpg
IMG_20170902_132252442
IMG_20170902_134225292_HDR.jpg
IMG_20170902_141630432

Tot ziens! 😉

Do Brasil na Flandres

Quando vivemos fora do nosso país, e de repente, descobrimos um pedacinho dele em outras terras, ou ainda melhor, bem pertinho da gente, é tão bom! Sentimo-nos mais perto do nosso lar, sentimos ainda mais coragem de fincar a raiz.

Foi isso que senti outro dia. Em um dos dias especiais em minha vida fui levada a descobrir um pedacinho Do Brasil, em Waasmunster. Numa terrinha simpática, calma, com belas ruas e casas, tem lá no seu cantinho um restaurante belga-brasileiro, o Do Brasil!

Ao entrar, sentimos que estamos entrando em casa… a decoração, a música e a sua ementa lembra o nosso querido Brasil. Caipirinha, sucos, picanha e sopa de carangueijo são os tops, mas adaptados ao paladar belga, sendo assim não pode faltar a presença da batata, dos crepes, sorvetes, bons vinhos, e claro, cerveja. Tudo acompanhado de sabor, beleza e aconchego do Nordeste.

Vem comigo e canta! Isto aqui ôô. É um pedacinho de Brasil iá iá. Deste Brasil que canta e é feliz. Feliz, Feliz. É também um pouco de uma raça que não tem medo de fumaça ai, ai. E não se entrega não …

Você pode desfrutar mais deste cantinho em : http://do-brasil.be/

Um dos cantinhos do restaurante
Um dos cantinhos do restaurante
Picanha brasileira à moda belga
Picanha brasileira à moda belga
Dame blanche
Coupe Dame Blanche
Uit Manaus - Amazone
Uit Manaus – Amazone

Tot Ziens! 🙂