Praia de Chia, Sardenha

Praia de Schia – Spiaggia di Chia

Há quem diga que as praias de uma localidade são todas basicamente iguais. Eu não senti isso na Sardenha. E, tentarei vos passar as minhas observações e dicas sobre as praias que conheci no Sul da Sardenha.

A Praia de Chia, ou na bela língua italiana, Spiaggia di Chia, é uma praia familiar. O que quero dizer ao defini-la desta forma é que no dia em que a visitei estava frequentada, maioritariamente, por famílias.

Sua areia limpa com mar de água cristalina e morna, convida-nos a passar todo o dia. Há uma boa estrutura de serviços nesta praia: restaurante, wc, estacionamento e aluguel de equipamentos náuticos.

Para conhecer a Sardenha é importante alugar carro e estacioná-lo em locais pré-determinados para tal. Você pagará 5€, mas ficará sossegado quanto a receber uma multa. E multam mesmo!

Ao contrário das praias brasileiras e até mesmo portuguesas, nas praias da Sardenha o único “petisco” a circular foi a Granita (Siciliana) que custava 2,50€, e havia nos sabores: coco, menta, coco e menta, morango, frutos do bosque, pêssego, limão, cereja e laranja. E, só começaram a circular na parte da tarde.

Granita
Granita

Também há a possibilidade de se visitar a torre de vigia de Chia, logo ao pé da praia. Há  muitas destas torres em toda a Sardenha, mas só algumas estão organizadas para receberem visitas. A de Chia é possível conhecê-la das 9 às 20hs, sendo que adulto paga 3€, crianças até 9 anos e maiores de 65 anos não pagam, os demais pagam 1€.

A bela torre de Chia
A bela torre de Chia

Enfim, uma escolha certa de praia para quem deseja um ambiente calmo, limpo e com serviços.

 

Praia de Chia
Praia de Chia

GPS 38º53’50.2″N 8º52’50.4″E

Tot ziens! 🙂

Anúncios

Hooverphonic

Seguindo a série “artistas belgas”…

Faz tempo que estou para escrever este post, mas quis fazê-lo num momento de inspiração capaz de ser suficiente revelador da minha admiração pelas músicas do Hooverphonic.

Imagem Google
Imagem Google

Quando soube que ia morar para Sint-Niklaas, rapidamente fui à Internet em busca de informações e imagens da cidade. Logo descobri que Sint-Niklaas abrigava uma conhecida fábrica de chocolates (Guylian) e o Hooverphonic!

A princípio pensei que a informação estivesse desatualizada e não dei muita confiança. O Hooverphonic é belga e vive em Sint-Niklaas!?!? Serão quase meus vizinhos! 🙂

Até que já estando a viver na cidade perguntei a um morador belga que me confirmou e deu-me orientações sobre onde vive um dos integrantes, mas que é muito discreto, e portanto, não gosta de ser incomodado.

Passaram-se poucos dias e encontrei um dos integrantes com a atual vocalista numa das lojas do shopping da cidade. Era mesmo verdade! Calma, fiquei a olhar de longe. Então, passaram-se algumas semanas e voltamos a nos encontrar, desta vez na rua, e mais tarde, no mesmo dia, em pleno Grote Markt.

Após toda essa “aventura”, dei-me conta que já são tantas músicas que o Hooverphonic conseguiu emplacar com sucesso na Europa, e nas diversas formações que já teve. Sempre pareceu-me um grupo que trabalha sem fazer muito alarde e que nos contempla com melodias harmoniosas e bela letra.

Você também já deve ter ouvido:

– Anger Never Dies

– Mad About You

– Amalfi

– Gravity

– Eden

– The Night Before

– Jackie Cane

– This Strange Effect

É difícil dizer qual a minha música preferida do Hooverphonic, mas vou escolher o vídeo da música The Night Before, por apresentar em seu início rápida imagem do exterior da casa de um dos integrantes (Alex Callier), em Sint-Niklaas.

Tot ziens! 🙂

Durbuy: Aventura e Natureza

Durbuy é uma cidade que fica na região belga da Valónia, e onde se fala com mais frequência o francês. Tem a fama de ser a menor cidade do mundo. E, quanto a isso levanto dúvidas, no entanto não tenho dúvidas em considerá-la uma cidade “fofinha” e com muita beleza por todos os lados, graças à mãe natureza que caprichou neste cantinho do mundo.

Em seu centro turístico observamos a presença de heranças romanas, seja nas casas construídas em pedras ou mesmo no chão de suas ruas estreitas e acolhedoras.

Apesar de ser uma cidade pequena está bem constituída de unidades hoteleiras e restaurantes com boa reputação gastronómica.

Centro de Durbuy
Centro de Durbuy
Centro de Durbuy
Centro de Durbuy
Centro de Durbuy
Centro de Durbuy – Rua principal
Centro de Durbuy
Centro de Durbuy
Centro de Durbuy
Centro de Durbuy
Será que estou a ver bem aquela janela ao fundo ?
Será que estou a ver bem aquela janela ao fundo ?
Estou sim ! :)
Estou sim ! 🙂
Ruas estreitas de Durbuy
Ruas estreitas de Durbuy
Rua principal da cidade
Rua principal da cidade
Uma vista ao longe do castelo
Uma vista ao longe do castelo
E não é que há um pedaço de Brasil até na "menor cidade do mundo" !
E não é que há um pedaço de Brasil até na “menor cidade do mundo” !
Esses não fizeram boa coisa
Esses não fizeram boa coisa
Um pacato cidadão para conhecer
Um pacato cidadão para conhecer
Jardins em Durbuy
Jardins em Durbuy e vista do castelo
Encanto da natureza
Encanto da natureza
Aqui em detalhe...surpreendente
Aqui em detalhe…surpreendente
Beleza pura
Beleza pura

Depois de apresentar todas essas características, deverá pensar que um dia ou mesmo uma parte do dia será suficiente para explorar tudo que a cidade tem para oferecer a quem a visita. Engano ! Reserve pelo menos dois dias ! A cidade está cercada de atrações e aventuras para todos os gostos, idade e níveis. Por isso também atrai tantos turistas, e torna a possibilidade de estacionar no centro uma outra pequena aventura, com tarifa de cidade grande. Mais se reservar a visita à cidade para a primeira parte do dia não encontrará igual dificuldade.

Aproveitamos os dois últimos dias de férias escolares e o tempo foi bastante camarada com todos que pensaram no mesmo. Começamos por aproveitar o sentido de aventura de Durbuy indo ao parque Adventures Durbuy (http://www.durbuyadventure.be/nl/), logo às 10 horas.

O parque oferece vários pacotes de atividade individual ou combinada com outra atividade. Tenha atenção nos pré-requisitos para cada atividade e organize-se para compra online dos bilhetes, assim além de um desconto evitará a sua permanência em filas. Também poderá optar por alojar-se no parque com várias ofertas, como em tenda indiana, mas optamos pelo tradicional e ficamos num hotel tranquilo, com bela vista e que fica à 2km do centro de Durbuy.

Escolhemos o pacote combinado de kayake duo (8km de rio) com ciclismo e o parcours challenger. Foi um belo dia e prometemos repetir a aventura de descer o rio de Ourthe, e esperar que seus simpáticos habitantes (patos, cisnes, peixes,…) voltem a nos brindar com sua graça. Toda a vista ao longo do rio é belíssima.

Entrada do Parque Adventures Durbuy
Entrada do Parque Adventures Durbuy
Início da aventura no Kayake e show de beleza da natureza ao longo do rio
Início da aventura no Kayake e show de beleza da natureza ao longo do rio
E lá vamos nós!
E lá vamos nós!
Natureza
Natureza
Rio de águas tranquilas
Rio tranquilo e lá está um simpático personagem!
Olha!
Olha!

Para a etapa de ciclismo temos grande escolha de bicicletas e capacetes, bem como a entrega de um mapa com o percurso. A partir daí estamos sob nossa gestão e habilidade cartográfica. Leve líquidos para beber!

O parcour foi nossa última atividade do dia para terminar de forma radical. Imaginei que seria difícil de concluir tamanho obstáculo, e foi, mas não por falta de coragem. Faltou tempo! Mais o Miau provou suas condições felinas e de corda em corda, de tronco em tronco, satisfez a curiosidade de ter feito alguma parte do parcour.

O parque está bem localizado com fácil acesso e com amplo estacionamento pago, que se for necessário, é permitida a sua saída com o carro e retornar sem a necessidade de outro pagamento, mas deve comunicar na secretaria. O parque também dispõe de satisfatórias instalações sanitárias e restauração. No entanto, há duas dicas do Miau que devem seguir: A primeira é levar bebidas, pois por exemplo, uma bebida Aquarius custa 4€. A água e refrigerante não estão longe deste preço. A segunda dica é levar os seus pertences antecipadamente protegidos da água, senão a solução terá que ser a de comprar um balde vendido no parque, parecidos com os de tinta, por 3€.

Pedalar com tanta beleza
Pedalar com tanta beleza

E mais Durbuy em fotos!

Depois de um dia de aventura saudável e divertida, passamos no hotel e em seguida fomos jantar numa das aldeias que circunda Durbuy. A escolha foi Rome, e a sempre apetitosa culinária italiana, tendo como companhia uma bela lua.

Tot ziens! 🙂