Noite de verão no Luxemburgo

Seguindo viagem de volta para casa (Bélgica), tínhamos que passar pelo Luxemburgo. Este pequeno país da Europa que já falei aqui, após visitá-lo em abril. A intenção era jantar, mas já se fazia tarde, já quase perto das 22hs, apesar do céu azul. Não conseguimos jantar onde queríamos. Ainda caminhamos um pouco para ver outra possibilidade, mas sem sucesso. Estavam todos os restaurantes e bares super lotados. Restou-me consolar com algumas fotos do Luxemburgo em noite de verão do mês de agosto.

IMG_20180804_213745390_LL.jpg

IMG_20180804_214134587_LL.jpg

IMG_20180804_214426971.jpg

Até ao próximo destino! 😉

Anúncios

Centro de Ciência de Luxemburgo

O fim de semana prolongado de maio chega ao seu último dia no Luxemburgo. E, sempre que fazemos uma viagem tentamos incluir uma visita a um museu, ou a ruínas históricas, ou grutas, etc.

Então, nesta viagem decidimos conhecer o Luxembourg Science Center. Os meus rapazes adoraram, mas eu estava com a sensação de que no dia seguinte a responsabilidade começava, ou melhor, na mesma noite com os preparativos para a semana, então eu não estava muito para pensar em ciência. Mesmo assim fiz as minhas palhaçadas, que me faz ter a idade deles.

IMG_20180521_124715841.jpg
Explicações em português

O museu fica nos arredores da cidade do Luxemburgo, em Differdange. O espaço é uma forma de descobrir a ciência e a tecnologia de uma forma divertida e interativa. São várias estações com experimentos diferentes com tradução em inglês, francês, alemão, luxemburguês e português!!! Também acontecem uns mini espetáculos e workshops, mas não participamos nestes dois eventos.

IMG_20180521_125846423.jpg
Vários experimentos

Lá encontramos um pouco de Brasil numa turbina de um jatinho da Embraer. Há também uma interessante explicação sobre motor a diesel.
Você pode obter informações de localização, horário, preços, etc., neste site: http://www.science-center.lu/

Depois seguimos viagem para a Bélgica, sem esquecer de antes aproveitar de mais um ponto positivo do Luxemburgo, o preço dos combustíveis. 😊

Fizemos um vídeo do espaço e seus experimentos:

Por andamos a comer no Luxemburgo? Hum, desta vez não tirei fotos, mas a experiência foi muito positiva, que até repitimos.

Chocolate House Bonn, uma experiência imperdível, seja no verão ou inverno. Há funcionários que falam português, além de inglês e francês.

Brasserie Bosso, saborosos pratos de massa com influência alemã. No verão, você pode pedir uma mesa no jardim, uma experiência relaxante. Há pelo menos um funcionário que fala português.

– Estivemos num restaurante português nos arredores, mas não lembro o nome. E num restaurante de rodízio brasileiro, também nos arredores, chamado Bossa Nova Grill, que é uma filial do mesmo que há em Bruxelas. No rodízio está incluído sobremesas.

– Lembram que falei de uma loja de souvenirs próximo do Palácio do Grão Ducado, na rua Sigefroi ? Essa eu não indico. 😊 Os comentários online não são bons, mas vimos poucas lojas desse tipo abertas, então tivemos que enfrentar. A senhora responsável não gosta de crianças, e está sempre desconfiada de tudo e de todos. Nuna vi igual! Se tiver curiosidade sobre os comentários pesquise THOMA SYLVIE no Google Maps. 😊

E, foi isso o Luxemburgo. Até próximas aventuras! 😉

Luxemburgo: um pouco mais

O Luxemburgo é um país que passa despercebido nas notícias, e apesar de estar a pouco mais de 4hs de Paris, a pouco mais de 2 horas e meia de Bruxelas, fica sempre para se visitar depois, em outra oportunidade.

A verdade é que é um país com uma história de resistência interessante, com paisagem relaxante, com belos monumentos, jardins bem cuidados, com uma apreciável culinária, e um país com muitas curiosidades a se conhecer. E passo a citar algumas:

ser o último grão ducado ainda existente, 37% da população é de origem estrangeira: 13% portugueses – sendo o português a terceira língua mais falada no país; 6,6% franceses, 4,3% italianos; 3,4% belgas e 2,2% alemães.  Tem a maior concentração de bancos da comunidade europeia, venceu 5 vezes o concurso Eurovisão, o atual primeiro ministro Xavier Bettel é casado com o arquiteto belga Destenay Gauthier, que está sempre presente nos eventos públicos como as cimeiras da União da Europeia, e assim, o Luxemburgo é também conhecido como um destino “gay friendly”.

Untitled.png
Gauthier posa para fotos com companheiras de outros chefes políticos em Cimeira de Bruxelas

Andar pelo Luxemburgo também é encontrar a arte e a cultura. Um pouco de arte encontrei na Praça Guilherme II sobre uma parede e na proteção à volta desta praça em reforma. Ah… e também fiz a minha “arte”! 😉 É algo que quando estou inspirada para palhaçadas, e contando com o empurrãozinho do “Vai mãe, vai!”, não deixo escapar a oportunidade de fazer diferente. Nada que os meus 50 anos não me deixe fazer. Afinal, “forever young” !

Untitled.jpg
Homenagem à  François Faber (1887-1915) ciclista que defendeu as cores do Luxemburgo, Praça Guilherme II
IMG_20180520_105338156.jpg
Vai mãe, vai! Série no Luxemburgo, Tapumes da obra na Praça Guilherme II
IMG_20180521_103526965_HDR.jpg
No último dia deixei a nossa prenda por tão boa acolhida, série vai mãe, vai! no Luxemburgo, cidade da justiça

Lembram que falei no primeiro post sobre o Luxemburgo que aproveitei para recriar fotos de 2010 com meus filhos. Pronto, aqui está uma delas. O mais novo passou o mais velho na altura e não foi fácil a recriação. 🙂 Tentamos.

Luxemburgo 7.JPG
Meus queridos em 2010
FB_IMG_1526750046018
Meus queridos em 2018

 

Até ao último post sobre o passeio pelo Grão-Ducado do Luxemburgo! 😉

 

As Casamatas do Luxemburgo

Luxemburgo também é muita história! E, neste post falarei sobre as Casamatas. Uma atração imperdível!

IMG_20180519_164834606_LL

As casamatas do Bock  é uma fortificação natural, com suas falésias rochosas e torres acima do Rio Alzette. As várias tentativas de dominação por parte de seus vizinhos foram o motivo para construção desse abrigo com vários túneis ainda no período de domínio espanhol, em 1644. Sua utilização mais recente como abrigo data do período da Segunda Guerra Mundial, com capacidade para 35 mil pessoas.

IMG_20180519_165955181_LL.jpg

As Casamatas chegaram a ter um comprimento total de 23 km e profundidade de até 40 metros, com capacidade para acomodar 50 canhões e uma guarnição de 1.200 homens.

IMG_20180519_165129925.jpg

As Casamatas podem ser visitadas de março a outubro, entre às 10hs e 17hs, mediante a compra de bilhete em dinheiro (euros). Não aceitam cartões! 6,00 € adultos, 5,00 € estudantes, idosos e adultos em grupo, 3,00 € crianças (preços de maio/2018). O acesso à bilheteira/bilheteria é através de escadas que ficam por baixo do monumento em homenagem ao sr. Robert Schuman (luxemburguês), o pai da União Europeia. Vale lembrar que neste monumento há um dispositivo que ativa, em alto e bom som, o discurso do sr. Schuman quando ocorreu a proclamação da União Europeia. Descubra-o! 😊

A construção de túneis é incrível, e oferece-nos belas vistas sobre a cidade.  Vem comigo assistir a um vídeo que fiz!

Visita o site a seguir para ver mais imagens incríveis das Casamatas do Bock:  https://www.luxembourg-city.com/fr/adresse/fortifications/casemates-du-bock

Até ao próximo post sobre o Luxemburgo! 😉

Passeio por Luxemburgo

Nossa ida ao Luxemburgo foi para ir ao concerto do Cigarettes After Sex. Aproveitamos um fim de semana com feriado na segunda-feira. 3 dias (2 noites), e foi mais que suficiente para rever este grão-ducado que estivemos em 2010. Essa viagem pelo Luxemburgo será contada em 4 posts.

Aproveitamos para refazer algumas fotos dos filhos na mesma posição. Foi muito divertido, apesar de não ter sido fácil, visto que o filho mais novo ultrapassou na altura, e muito, o mais velho. 🙂

O Luxemburgo faz fronteiras com Alemanha, Bélgica e França, portanto facilmente ouve-se o francês, o alemão e o luxemburguês. No entanto, na verdade, o português é a língua não oficial deste país. Isso mesmo! É porque há uma grande colónia de portugueses neste país, o que facilita a comunicação e a simpatia no atendimento. Também encontrei uma simpática brasileira da mesma cidade que a minha e que trabalha num café/restaurante português nos arredores do Luxemburgo, bem como brasileiros num restaurante rodízio nos arredores também.

Ficamos hospedados próximo a um dos elevadores que liga a cidade baixa à cidade alta. O uso é gratuito. São 2 elevadores que servem a todos, inclusive para transporte de bicicletas.  Os elevadores ficam em 2 pontos diferentes da cidade.

Estando no Luxemburgo não dá para esperar em conhecer a varanda mais famosa e bonita da Europa. Gostei tanto de lá estar, apreciando toda a paisagem. Uma combinação perfeita de monumentos históricos, natureza e arquitetura.

IMG_20180519_112515992_HDR.jpg
Vista da varanda

IMG_20180519_115011971_HDR.jpg

IMG_20180519_160912384.jpg

É possível conhecer rapidamente os principais pontos turísticos através de um trenzinho, que aceita cartão de débito (não sei se de crédito também) e que pode ser ou não combinado com aqueles bus turísticos. Como ainda temos condições físicas de caminhar e tínhamos tempo suficientes, não utilizamos esse meio. No entanto, se você tiver apenas um dia de passagem pelo grão-ducado incentivo a utilizá-lo.

IMG_20180521_100406954_HDR.jpg

IMG_20180519_123343140.jpg

IMG_20180519_164451969_HDR.jpg
Abadia de Neumünster
IMG_20180520_103157557.jpg
Praça Clairefontaine
IMG_20180520_105628364.jpg
Hôtel de Ville que, no passado,  eu pensava que era um hotel, mas é a prefeitura da cidade :)))

 

Vale a pena ver a troca de guarda no palácio grão-ducal. E na frente deste há uma casa de lanches com esplanada que você pode saborear deliciosos bolos, chocolates quentes diversos, bebidas antioxidantes, saladas, etc. Uma tentação de sabores! E procure um(a) funcionário(a) que fale português.

IMG_20180520_103910487.jpg
Palácio Grão-Ducal

Foram belos dias e com algum calor já a se sentir, então fomos bem próximo ao palácio grão-ducal comprar bebidas e souvenirs. Por acaso só vi 2 pontos deste tipo, o outro fica próximo ao Monumento da Recordação, na baixa da cidade. A senhora que nos atendeu não é nada simpática, no entanto sua funcionária é que salva e fala português. Fomos ver ao TripAdvisor e a nota é menor que 2!!! Já diz tudo, não acham?

Agora, vem comigo dar uma volta no Luxemburgo através de um filme.

Até ao próximo post sobre este passeio pelo Grão-Ducado do Luxemburgo, o único Grão-Ducado da Europa, atualmente ! 😉

Cigarettes After Sex

 

Voltamos de Hong Kong, em abril, com um compromisso na agenda para o mês de maio: ir ao show do Cigarettes After Sex.

IMG_20180520_205216270_LL.jpg

Essa banda do Texas formada em 2008 é uma das que selecionei para seguir no aplicativo Songkick. Ele avisa quando alguém selecionado fará show na Bélgica ou nos países que fazem limite com este país. O show em Bruxelas ficou para uma data não compatível. Sabe como é fã, não é? Fomos até ao Luxemburgo para o show, e aproveitamos um fim de semana com feriado na segunda-feira para também ficar passeando neste país.

IMG_20180520_213525187_HDR.jpg

O show foi tranquilo e arrepiante. Havia, em nossa frente, uma jovem fã francesa (cerca de 16 anos) que veio de Lille (França) com seus pais para ver este show. Ufa! Não somos só nós os malucos. 😊 No fim do show, o vocalista entregou a esta jovem, um papel que estava no chão com a lista das músicas em sequência para memória do vocalista. Vocês não imaginam a alegria dela e a satisfação de seus pais também. Ah, e eu fui chamada a atenção porque usava um self stick. :))) Eu tinha que aparecer de alguma forma, não é? :)))))

A seguir imagens e alguns filmes que estão no canal do Youtube O Miau do Leão. Alguns filmes ficaram curtos, pois foram transmissões ao vivo que fiz na rede social, uma experiência que ainda estou a me adaptar.

Quem conhece e gosta dos Cigarettes After Sex deixa um comentário, por favor. 😉

😉 Gostaram?