Prêmio Oceanos de Literatura 2018

Autores de língua portuguesa de qualquer lugar do mundo poderão inscrever suas obras na edição de 2018 do Prêmio de Literatura em Língua Portuguesa, parceria entre o Itaú e o Oceanos, a partir do dia 9 de fevereiro.

Obras nos gêneros de poesia, romance, conto, crônica e dramaturgia, que tenham sido publicadas pela primeira vez em 2017, podem participar da premiação.

As inscrições serão feitas a partir do preenchimento dos dados da ficha presente no site www.itaucultural.org.br/oceanos/2018 que estará disponível a partir das 10h do dia 9 de fevereiro até 18 de março. Tanto o as editoras quanto os autores podem inscrever as obras.

O livro deve ser anexado em formato PDF, mesmo que tenha sido publicado apenas em versão impressa, permitindo, assim, que os concorrentes sejam avaliados por um júri internacional, composto por escritores, críticos, professores e jornalistas do Brasil, de Portugal e de países da África lusófona.

A composição da curadoria traz dois novos nomes do universo literário em língua portuguesa, a escritora e jornalista Isabel Lucas, de Portugal, e a editora Mirna Queiroz, do Brasil. As duas se juntam à gestora e idealizadora do prêmio Selma Caetano e ao jornalista Manuel da Costa Pinto, ambos brasileiros.

Premiação

Obras de diferentes gêneros concorrem entre si pelas quatro premiações do Oceanos, que correspondem a um valor total de 230 mil reais – R$ 100 mil para o primeiro colocado, R$ 60 mil para o segundo, R$ 40 mil para o terceiro e R$ 30 mil para o quarto.

O processo de avaliação e atribuição final do Oceanos ocorrerá em três etapas. Na primeira fase, um Júri de Avaliação formado por jurados convidados pela curadoria do prêmio elegerá 50 obras semifinalistas entre os livros inscritos validados pela curadoria e escolherá, por votação, os membros dos júris subsequentes (Júri Intermediário e Júri Final).

Ao Júri Intermediário caberá selecionar dentre os 50 semifinalistas os 10 finalistas, dentre os quais serão escolhidos, pelo Júri Final, os premiados de 2018. Estes serão anunciados no dia 29 de novembro, em local e horário a confirmar.

Notícia : O Globo (Brasil)
Tot ziens! 🙂

Um vídeo de profunda poesia

Ontem foi comemorado na Bélgica flamenga e Holanda, o dia da poesia. Todos os anos é comemorado na terceira quinta-feira de Janeiro. Eu escrevi sobre isto ontem aqui.
Eu vi, ontem, este divertido vídeo da tv belga één, e tentei traduzir para que percebam a cena. Eu ri bastante ou será que deveria chorar?! 

O diálogo:

Os rapazes fazem o trabalho de casa que eu gostaria de ver, diz o senhor.
Nós estamos fazendo algo pela poesia, diz um dos jovens (camisa amarela).
– Poesia? Hum… isso dá-me muito prazer, diz o senhor.
O menino diz: – isso é estúpido
O senhor pergunta: – O que é estúpido?
– Isso não é nada estúpido, diz o senhor. O senhor motiva-os: Estive ocupado com poesia por anos. É um enriquecimento tão grande, meninos. Isso é um enriquecimento da alma, do espírito, do sentimento. É crescimento, tornar-se adulto… Como vocês está preso? Onde você está preso? O que tem você já?
– O menino diz: O céu é azul.
O senhor diz: – Sim…O céu é azul, isso é bom rapaz. O céu é azul. Bonito…
– O senhor pergunta ao outro menino : E você, rapaz? Deve você também fazer poesia?
– E o outro menino responde: sim, senhor.
O senhor diz: Ah, isso é bonito, rapaz. E você pensa que muito bem pode… Humm? Você é um pequeno artista? O que você já escreveu?
– Flores separam a relva no jardim, diz o mais novo.
– O senhor diz que é fantástico, isso prova você bem. Flores separam a relva no jardim, isso é magnifico. Eu interrompi você, vá em frente, rapaz.
– O menino continua: Flores separam a relva no jardim, o xixi é amarelo e o cocó é castanho.
Fim

Tot ziens! 🙂

Dia da Poesia na Bélgica, 2018

Hoje é mais um dia da poesia na Bélgica (flamenga) e Holanda. Desde 2000, a última quinta-feira de janeiro é para apreciar, escrever e homenagear a poesia. Bibliotecas e escolas fazem defesa à poesia.

Minha prenda para a poesia no seu dia, é relembrar a poesia que fiz para meus filhos em holandês. Não é nada fácil rimar em holandês. Temos sorte por ter nascido sobre o manto de uma língua latina, é bem mais fácil em português. 😊

Mijn zoontjes (Meus filhinhos)

Ik ben een moeder    Eu sou uma mãe
ik heb twee vogeltjes    Eu tenho dois passarinhos
zij eten graag chocoladepoeder    Eles gostam de comer chocolate em pó
zij zijn ook uiltjes.    Eles são também corujinhas.

Zij openen zijn oogjes    Eles abrem seus olhinhos
het is nog donker en koud     É ainda escuro e frio
maar het lijkt als regenboogies    Mais parece como arco-íris
zij kosten meer dan goud.    Eles valem mais que ouro.

Zij zijn kampioenen    Eles são campeões
zij schaken    Jogam xadrez
met veel visioenen    Com muitas visões
hun spel maken.    O jogo deles fazem.

Zij hebben enkele bekers    Eles têm algumas taças
zijn leus is melden    Seu lema é participar
wij zullen proberen    Nós vamos tentar
zij zijn mijn helden.    Eles são meus hérois.

SiL

http://www.poezieweek.com/

http://www.poeziecentrum.be/

O que é motivação?

O pessoal do QG dos blogueiros lançou uma interessante ideia que é falarmos durante uma semana sobre um tema. O tema definido para iniciar é motivação. A chamada semana motivacional.
Pensei: Como falar de um tema se estou vivendo um período justamente sem motivação. Resolvi brincar com a palavra já que ela anda a brincar comigo. E assim achar uma dica definição para motivação.

MOVER OBJETIVO ATUAR SEGUIVONTADE AMBIÇÃO AÇÃO DIREÇÃO MOMENTO

Com esta “brincadeira” também aviso que parto em férias de quase um mês em busca da tal MOTIVAÇÃO. Portanto, o Miau do Leão não desaparecerá, apenas irá em férias, e espero retornar motivada e com muitos posts.
12191717_10207450342518984_5470877887559865017_n
Tot ziens! 🙂

De Gedichtendag 2016

download

É o dia das poesias comemorado na região flamenga da Bélgica desde o ano 2000, e sempre na última quinta-feira do mês de Janeiro. A partir do ano 2013 passou a ser o primeiro dia da semana da poesia. Assim, em 2016, o dia da poesia foi no passado dia 28 de Janeiro.
Eventos e atividades são organizadas por toda a região para que todos possam ter contato com a poesia, bem como ter a oportunidade de elaborá-la e fazê-la ser divulgada. Participam escolas, bibliotecas, livrarias e até mesmo empresas são convidadas a espalhar o amor pela poesia.
E mais sobre a semana da poesia pode ser conhecida no web-site www.poezieweek.com E, informações sobre as edições anteriores em www.poeziecentrum.be
Com pouco tempo a viver na Flandres, ainda tenho muito a conhecer sobre a poesia flamenga e seus poetas. No entanto, o importante é participar ! E assim, no grupo Babilonië, também colaborei para viver o dia da poesia. Não foi fácil escolher uma poesia da literatura brasileira e portuguesa e tentar traduzi-la. Não apenas porque ainda sou uma aprendiz do nível básico do neerlandês, mas porque é difícil expressar o original do sentimento de uma poesia em outro idioma, e ainda tentar conservar a musicalidade da rima.
Tentei ousar, desafiei-me e criei uma singela poesia em neerlandês em homenagem aos meus filhos. Com o pensamento em português, o dicionário e a gramática ao lado, lá foram surgindo os versinhos.
Li todas as poesias com falhas de pronúncia, mas com muito gosto. No próximo ano espero fazer melhor. Também ouvi, no grupo Babilonië, e com muito gosto, poesias de outros colegas participantes. O resultado desta manhã de poesia mostro-vos a seguir.
Fiquei sensibilizada com a importância que os flamengos dão a poesia, uma verdadeira paixão com muito respeito, que resolvi embarcar neste mundo poético e com este post darei início a divulgação de poesias flamengas.

E viva a poesia !

Tot ziens! 😉

No meio do caminho In het midden van de weg
(Carlos Drummond de Andrade)

No meio do caminho tinha uma pedra In het midden van de weg was er een steen
Tinha uma pedra no meio do caminho Er was een steen in het midden van de weg
Tinha uma pedra Er was een steen
No meio do caminho tinha uma pedra. In het midden van de weg was er een steen.

Nunca me esquecerei desse acontecimento Ik zal nooit vergeten dit evenement
Na vida de minhas retinas tão fatigadas. In het leven van veel moe netvliezen.

Nunca me esquecerei que no meio do caminho Ik zal nooit vergeten dit evenement
Tinha uma pedra Er was een steen
Tinha uma pedra no meio do caminho Er was een steen in het midden van de weg
No meio do caminho tinha uma pedra. In het midden van de weg was er een steen.

Arte de amar Kunst van houden van
(José Saramago)

Metidos nesta pele que nos refuta Op de huid dat ons tegenspreken
Dois somos, o mesmo que inimigos Wij zijn twee, gelijk aan vijanden
Grande coisa, afinal é o suor Grote ding, zo het is het zweet
(Assim já o diziam os antigos): (Zo al zeiden hun de ouden):
Sem ele, a vida não seria luta, Zonder hem, het leven zou niet een strijd zijn,
Nem o amor amor. En de liefde ook niet de liefde.

Mijn zoontjes (Meus filhinhos)

Ik ben een moeder Eu sou uma mãe
ik heb twee vogeltjes Eu tenho dois passarinhos
zij eten graag chocoladepoeder Eles gostam de comer chocolate em pó
zij zijn ook uiltjes. Eles são também corujinhas.

Zij openen zijn oogjes Eles abrem seus olhinhos
het is nog donker en koud É ainda escuro e frio
maar het lijkt als regenboogies Mais parece como arco-íris
zij kosten meer dan goud. Eles valem mais que ouro.

Zij zijn kampioenen Eles são campeões
zij schaken Jogam xadrez
met veel visioenen Com muitas visões
hun spel maken. O jogo deles fazem.

Zij hebben enkele bekers Eles têm algumas taças
zijn leus is melden Seu lema é participar
wij zullen proberen Nós vamos tentar
zij zijn mijn helden. Eles são meus hérois.

Kat en Hond
(Eric van Britsom)

Ik hou niet van honden, Eu não gosto de cães,
en ook niet van paarden. e também não de cavalos.

Honden en paarden doen teveel Cães e cavalos fazem muito
wat mensen zeggen. o que as pessoas dizem.

Poezen niet, Gatinhos não,
zij doen hun eigen ding. Eles fazem as coisas próprias deles.

Alleen, altijd onvoorspelbaar, Apenas, sempre imprevisível,
en af en toe: poeslief. e ocasionalmente: amável.