No top dos menos saudáveis

Quase toda classificação, seja do que for, é motivo para discordâncias, observações e dúvidas; mas a verdade é que elas existem, vão continuar a existir e são divulgadas, gerando reações em todos os sentidos.

E, a mais recente que afeta toda a Bélgica, e de forma negativa para a saúde, diz respeito aos hábitos alimentares poucos saudáveis dos seus habitantes.

A pesquisa foi feita na Universidade de Cambridge através de estudos realizados entre 1990 e 2010. A Bélgica ficou na 3ª posição de 187 países. Na tabela negativa dos top 10 estão em ordem: Arménia, Hungria, Bélgica, Estados Unidos, Rússia, Islândia, Letónia, Brasil, Colômbia e Austrália.

E, segundo o ditado popular, “os últimos serão os primeiros”, no caso os hábitos alimentares saudáveis estão em Chad, Serra Leoa e Mali, seguido por outros países africanos.

“Os culpados deliciosos” da Bélgica são: os chocolates, a cerveja, os waffles e as batatas-fritas. E toma calorias!

Os resultados foram publicados na revista The Lancet Global Health para quem quiser ir aos detalhes das interpretações.

Segue o link: http://www.thelancet.com/journals/langlo/article/PIIS2214-109X%2814%2970381-X/fulltext

Tot ziens!

Anúncios

Krokus

O Miau ainda tem pouco tempo por estas bandas, então algumas informações podem ainda surgir com poucos detalhes.

Estamos a terminar, hoje, as férias escolares que durou uma semana e chama-se Krokusvakantie. Mais o que é isso ?

Krokus em Oostende Fev /2015
Krokus em Oostende Fev /2015

A Krokus é a primeira flor que brota ainda antes do início da primavera, daí o nome krokusvakantie. Bem, mas há quem chame mesmo de férias de Carnaval. E, na Flandres, sempre cai na semana da quarta-feira de cinzas.

Para alguns é a pausa perfeita para esquiar ou para viajar em direção à terras mais quentes. E, este ano, os destinos preferidos foram Espanha, Marrocos e República Dominicana. Os que não podem ir em férias devido ao trabalho costumam deixar os filhos em campos de férias com várias atrações para os mais jovens.

Cartaz Carnaval 2015 Aalst
Cartaz Carnaval 2015 Aalst

Para outros, o que vale mesmo é curtir o carnaval. Sendo Aalst (Flandres Oriental), a cidade com mais adesão para a festa, que até teve direito a presença do atual primeiro-ministro belga a jogar docinhos para o povo, da janela de um dos prédios do Grote Markt, e depois foi para folia, sem grande sucesso.

No fim de uma semana de folia com uma razoável condição climática, restou  muito lixo, cerca de 90 toneladas foram recolhidas com objetos estranhos e menos estranhos decorrentes dos desfiles e fantasias dos foliões, como; bicicletas ergométricas, colchões, sanitas, carrinhos de bebés, carrinhos de supermercados, etc.

Depois da folia
Depois da folia

Mais Aalst, este ano, foi também palco de tristeza, com o anúncio do falecimento, nesta mesma semana, do ex-ciclista belga, campeão mundial de estrada e muito querido nacionalmente Claude Criquielion, que encontrava-se internado na unidade hospitalar da cidade, vítima de hemorragia cerebral, aos 58 anos.

Tot Ziens!

Um Pouco de Geografia Flamenga

O Miau resolveu abrir um parentêses sobre o que vinha mostrando para de forma breve apresentar geograficamente a região em que vive, Flandres (Vlaanderen).

A Flandres é a parte norte da Bélgica. E, esta “parte” é dividida em regiões e comunidades.

As regiões tem competências relativas à economia, emprego, obras públicas e agricultura. As comunidades (“as comunas”) são responsáveis pela cultura, educação e bem-estar. Juntas formam a região flamenga.

O holandês é a língua oficial, mas com algumas diferenças quanto à gramática, vocabulário e pronúncia; em relação ao holandês falado na vizinha Holanda. Assim, a língua tornou-se o flamengo.

A região flamenga tem o seu próprio governo e parlamento com sede em Bruxelas. Assim, Bruxelas também é a capital da região.

A Flandres está dividida em 5 províncias:

download

Antuérpia (Antwerpen) – principal cidade: Antuérpia;

Limburgo (Limburg) – principal cidade: Hasselt;

Flandres Oriental (Oost-Vlaanderen) – principal cidade:Gent;

Flandres Ocidental (West-Vlaanderen) – principal cidade: Brugge;

Brabante Flamengo (Vlaams-Brabant) – principal cidade: Leuven.

Antuérpia
Antuérpia
Limburgo
Limburgo
Flandres Oriental
Flandres Oriental
Flandres Ocidental
Flandres Ocidental
Brabante Flamengo
Brabante Flamengo

Ah… O Miau vive na Flandres Oriental (Oost-Vlaanderen).

Tot Ziens!marca

Praticar o holandês (Parte II) -Babbelonië

Desejo continuar  a vos trazer algumas iniciativas existente dentro da sociedade flamenga, no caso particular, na “Oost-Vlaanderen” (Flandres Oriental), que busca integrar o estrangeiro que para a Flandres vem viver, ajudando-o a praticar o idioma.

No post anterior vimos uma iniciativa existente na cidade de Sint-Niklaas, também localizada na Oost-Vlaanderen.

Hoje, vos trago um site que descobri: www.nederlandsoefenen.be/oost-vlaanderen

Neste site é possível conhecer o projeto BABBELONIË.

download

Visite-o sem pensar duas vezes, pois com certeza descobrirá onde treinar o holandês em um grupo de conversação, em um grupo sobre temas específicos e outras sugestões. A participação é gratuita, e muito agradável.

O projeto atua em várias cidades da região, mas informações mais atuais e detalhadas encontram-se no site: www.babbelonie.be

Tenho participado no grupo Babbelonië, em Temse. São poucas horas por semana, mas que ajudam a praticar e melhor entender o idioma e os seus dialetos. Em nosso grupo temos imigrantes de vários continentes, várias histórias de vida, sempre apoiados por simpáticos cidadãos belgas que disponibilizam algumas horas de suas vidas para nos ajudar, guiados pela competente sra. Dianne Nuyts.

E, assim juntos, falamos o holandês da Flandres.

Pratica aqui o holandês

Aprender a língua nativa quando se emigra é um dos obstáculos a se vencer para bem viver.

Claro, que é possível sobreviver com o conhecimento em inglês, e um pouco em francês, na Flandres. No entanto, aprender o idioma nativo exige prática, e é decisivo para comunicação entre pessoas, em suas diversas formas.

Sendo assim, na cidade flamenga de Sint-Niklaas há um projecto promovido pelo conselho desta cidade, que se chama “Oefen hier je Nederlands” ( Pratica aqui o Holandês).

Este é um projecto de língua cujo objetivo é incentivar os cidadãos estrangeiros a conversarem com os nativos em holandês, e não mudarem rapidamente para outro idioma. Uma aprendizagem ao ar livre dentro de um contexto quotidiano. Não tenha vergonha de cometer erros, tente falar!

A ideia traduz-se em um logotipo que pode ser encontrado nos balcões de algumas lojas comerciais, na câmara da cidade, biblioteca, médicos, escolas, farmacêuticos.

Os comerciantes locais são incentivados a participarem através de inscrição por e-mail ou telefone. Em seguida, os participantes recebem 10 dicas para se  comunicarem mais facilmente com os clientes ou pacientes estrangeiros e, se desejar, ainda obter apoio logístico mais específico.

Logotipo
Logotipo

Particularmente, acho a ideia fantástica pela sua originalidade, simpatia e simplicidade, pois busca promover a integração de pessoas estrangeiras, afinal segundo as últimas informações estatísticas apontam para que 20% da população da cidade e 43% das crianças (0-5 anos) é de origem estrangeira. Sem falar que dá uma imagem positiva à cidade.